NEWSLETTER
Cadastre seu e-mail e receba notícias, promoções...
BT NEWSPAPERS
clique e baixe
Massachusetts | Edição: BT Virtual 48 / Publicação: 17 de abril
New York | Edição: 1715 / Publicação: 14/04/2014
BT MAGAZINE
BT Magazine | Edição: MAIO / Publicação: 2012
EXCHANGE RATES
Editorial - Cultura
AUMENTAR FONTE
Lady Gaga vai a premiação com vestido de carne
13 de setembro de 2010.

Lady Gaga dominou a festa do Video Music Awards (VMA) da MTV, neste domingo (12), em Los Angeles, ao levar oito prêmios, incluindo o de melhor clipe do ano, por “Bad romance”.

A cantora também levou as estatuetas nas categorias clipe pop, vídeo de artista feminino, vídeo dance, todos por “Bad romance”, e melhor colaboração, por “Telephone”, com Beyoncé. Os demais prêmios vieram nas categorias técnicas: coreografia, direção e edição - todos por "Bad romance".

Gaga aproveitou o evento para anunciar que o título de seu próximo álbum será "Born this way".

Vestido que leva pedaços de carne
Lady Gaga se apresentou com três figurinos distintos. Entre os modelos mostrou um polêmico vestido aberto atrás e que levava pedaços de carne, que apareceu recentemente na capa da versão japonesa da revista "Vogue".

Entre os homens destacaram-se os prêmios para Eminem, que ficou com o de melhor clipe masculino e melhor clipe de hip hop, ambos por "Not afraid"; e o adolescente Justin Bieber, que ficou com o prêmio de melhor vídeo revelação, por "Baby", no qual também atua Ludacris.

O grupo 30 seconds to Mars levou o prêmio de melhor clipe de Rock.

Os outros prêmios em categorias técnicas foram os de direção de arte, para Florence & The Machine, por "Dogs days are over"; fotografia, para Jay-Z & Alicia Keys, por "Empire state of mind"; efeitos especiais, para Muse, por "Uprising"; e descoberta do ano para The Black Keys, por "Tighten up".

Música
A cerimônia contou com apresentações musicais, como a dupla formada por Eminem e Rihanna, que interpretaram "Love the way you lie"; Florence & The Machine, com "Dog days are over"; e Kanye West, que fechou o show com uma música inédita.

Outras atuações musicais de destaque foram as de Usher, que tentou imitar Michael Jackson, e a de Taylor Swift, que entoou uma balada chamada "Innocent" que serviu de absolvição para Kanye West, após o incidente que protagonizou na festa do ano passado.

Drake, B.o.B, Hayley Williams (de Paramore) e Linkin Park, estes atuando no observatório Griffith de Los Angeles, abriram passagem para Cher, que apresentou o melhor clipe do ano com um jaqueta de couro e um vestido transparente com lantejoulas, o mesmo traje do vídeo "If I could turn back time", rodado há 21 anos. A cantora e atriz comentou em tom jocoso: "Tenho sapatos que são mais velhos que a maioria dos indicados"

A transmissão durou mais de duas horas e contou com alguns momentos engraçados, como quando Justin Bieber parecia não encontrar o caminho para o palco para pegar seu prêmio, ou os problemas que Lady Gaga teve para se levantar , por causa de seus vestidos originais.

(G1)
» Fotos da matéria
 
Comentários (1)
rodrigo carmo
everett - ma - 14-09-10
A Gaguita falou que o vestido de carne simboliza que se nós não lutarmos pelos nosso direitos muito em breve nós teremos os mesmo direitos que a carne sobre nossos ossos tem, ou seja, nenhum! Vindo da Gaga só pode ser alguma coisa relacionada a direitos humanos, néam? Luxor!
Envie seu comentário preenchendo
o formulário abaixo.
>> Outras notícias
Copyright © 2008 Brazilian Times. Todos os direitos reservados.
É permitida a reprodução de matéria e foto desde que citada a fonte: Braziliantimes.com

Produzido e gerenciado por: Midtech.