Brazilian Times

Publicado em 16 / 11 / 2010

Facebook cria sistema para integrar e-mail, mensagens e SMS

Sistema é 'complemento' e não vai 'matar' o e-mail, diz criador do site. Usuários poderão receber mensagens com endereço @facebook.com.

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (15) um novo sistema de comunicação pessoal que pretende integrar e-mails, mensagens enviadas pelo site e torpedos (SMS) pelo celular. O sistema foi apresentado pelo presidente da rede social, Mark Zuckerberg, como "evolução e complemento do e-mail, e não algo que vai matar o e-mail".

Pelo sistema, as mensagens recebidas vão ganhar filtros sociais: itens enviados por pessoas mais próximas serão exibidas com prioridade. O programa também passará a aceitar anexos, como nos e-mais tradicionais, e passará a exibir todo o histórico de comunicação entre dois contatos.

Será possível utilizar um endereço de mensagens @facebook.com, mas o usuário poderá ter acesso às funções mesmo se utilizar um endereço diferente. A integração com outros serviços não estará disponível logo no início, mas será disponibilizada em breve, segundo Zuckerberg.

O novo sistema de mensagens será liberado apenas para alguns usuários selecionados pelo Facebook, e só funcionará nos EUA. Esses usuários também poderão convidar outros internautas para participarem da fase de testes do programa.

"E-mail é muito formal" Segundo Zuckerberg, cerca de 350 milhões de internautas usam o Facebook para trocar mensagens privadas com seus contatos. No total, 4 bilhões de mensagens são trocadas diariamente pelo site. "Muitos jovens já preferem enviar mensagens pelo Facebook em determinadas situações. Eles consideram o e-mail algo muito formal."

O sistema funcionará com clientes Jabber (como o GTalk, do Google), APIs de comunicação do próprio Facebook e se integrará a sistemas de e-mail em breve. Também será possível ler e-mails diretamente no Facebook, utilizando a plataforma para substituir clientes como o Exchange, Gmail e Hotmail, por exemplo.

"Não acreditamos que o sistema de mensagens do futuro será o e-mail", disse. Segundo o fundador da rede social, a tecnologia precisa integrar mensagens em diversas plataformas, desde o computador até o celular, além de manter o imediatismo dos torpedos e a privacidade do e-mail. "Muita gente acha que deveríamos adicionar funções ao sistema de mensagens. Na verdade, acredito que deveríamos eliminar funções, deixá-lo o mais simples possível".