Brazilian Times

Publicado em 15 / 03 / 2012

Foi como roubar a namorada, diz Bruno Senna sobre vaga de Barrichello

Em seu primeiro final de semana de corrida como piloto da Williams na vaga que até o ano passado era de Rubens Barrichello, Bruno Senna disse em Melbourne que ficou bastante chateado por "roubar" a vaga do compatriota.

"Foi bem chato quando liguei pra ele, foi como falar com o cara de quem você tirou a namorada", comparou Bruno, que no ano passado correu pela Renault.

"Foi um papo meio estranho, mas pessoalmente nada mudou entre a gente. Mas não tem jeito... O Rubinho não queria sair da F-1, estava brigando por esta vaga e fico chateado porque a gente se dava superbem aqui, eu pedia dicas para ele. Agora com um brasileiro a menos a nossa 'máfia' fica mais fraca, mas tenho certeza que ele vai aparecer para uma corrida ou outra."

Apesar do pouco tempo que teve com a equipe --foi confirmado só no fim de janeiro--, Bruno disse que já se sente bastante confortável na Williams.

"Minha relação com os engenheiros foi boa desde o começo, mas me surpreendi porque às vezes demora um pouco pra a gente se integrar. Mas me receberam muito bem no time e temos uma relação bem aberta, com muita honestidade", afirmou o brasileiro. "Acho que esta transparência vai ser importante para o ano que teremos de trabalho pela frente."