Brazilian Times

Publicado em 16 / 03 / 2012

Acusado de estuprar adolescente é indocumentado

O imigrante tem 35 anos e manteve relação sexual por várias vezes com uma menina de 14 anos

Responsive image

Um homem acusado de estuprar uma adolescente de 14 anos de idade estava morando ilegalmente nos Estados Unidos. Pelo menos foi o que afirmou as autoridades em um comunicado divulgado no início da semana.

Juan Martinez Hernandez, 35 anos, foi preso depois que uma menina de 14 anos de idade deu a luz seu filho. Natural de Honduras, ele aparaceu pela primeira vez na terça-feira (13), mas ainda permanece preso sob a fiança de US$250 mil. A menina deu à luz em um banheiro de um apartamento, em Charlotte, no domingo (11).

Martinez hava sido preso em julho de 2010 mediante o programa 287g, que permite aos policiais e assisentes do xerife indentificarem e prenderem imigrantes em situação ilegal no país. Em setembro do mesmo ano foi determinado que ele deixasse o país e em outubro ele foi deportado para Honduras.

Depois que foi deportado, ele retornou ao país, novamente ilegal, mas não se sabe a data certa. Os vizinhos também não confirmaram o período em que ele vivia complexo de apartamentos. A polícia também não divulgou quando foi feito o primeiro contato entre o imigrante e a menina.

Depois que ela deu à luz, a família ligou para o 911 e os paramédicos solicitaram a presença da polícia. A menina confessou que o pai do bebê era Martinez, que morava no mesmo bairro, o qual foi encontrado logo em seguida e levado preso.

Ele assumiu ter mantido relações sexuais com a adolescente por diversas vezes, segundo o Boletim de Ocorrência Policial. Novamente ele será colocado nas mãos do Immigration and Customs Enforcement – ICE.