Brazilian Times

Publicado em 04 / 09 / 2013

Brasileira entra para comissão estadual em CT

Brasileira entra para comissão estadual em CT

O grupo trata de assuntos relacionadas à comunidade hispânica e aos imigrantes

 

da redação

Tendo trabalhado para o jornal Tribuna desde que ela tinha 15 anos , os últimos sete anos como editor, a brasileira Emanuela Leaf estava familiarizada com a comunidade Latino and Puerto Rican Affairs Commission, grupo que ajuda os legisladores sobre questões relacionadas à comunidade hispânica.

A comissão foi criada em 1994 e em Janeiro deste ano, em uma reunião na cidade de Danbury (Connecticut), ela levantou uma questão: “porque não havia brasileiros no grupo?” A resposta foi imedia: “Por que você não se junta a nós”. Diante disso Emanuela consultou o seu marido, o advogado Thomas Leaf, para saber o que ele pensava. Em seguida enviou uma carta ao legislativo para expressar o seu interesse em participar.

Há três semanas ela soube que foi selecionada para preencher uma vaga na comissão composta por 21 membros. Assim, ela tronou-se o único representante de Danbury e o primeiro brasileiro a participar do grupo.

O diretor-executivo, Werner Oyanadel, disse que todos estão entusiasmado com a chegada da brasileira e acredita “que ela vai contribuir muito e desempenhar bem o seu trabalho”. Ele explica que a nomeação de Emanuela faz parte de um esforço para diversificar a comissão e incluir representantes da nova onda de imigrantes oriundos da América do Sul.

Oyanadel acrescentou que a população latina cresceu mais do que qualquer outro grupo de imigrantes em Connecticut, nos últimos anos. “O Brasil, como maior país da América do Sul, também representa este crescimento”, disse.

Emanuele chegou aos Estados Unidos quando ainda tinha 10 anos de idade, morando na cidade de Danbury com seus pais. Atualmente ela é editora do jornal Tribuna, que é impresso em três idiomas (inglês, português e espanhol). A primeira reunião da comissão que a brasileira participará como membro será dia 18 de setembro. “Estou muito animada e esta é uma ótima maneira de poder representar minha comunidade diante do Governo Estadual”, disse. “Espero fazer um bom trabalho”, concluiu.