Publicado em 3/03/2008 as 12:00am

PF prende 3 em operação contra imigração illegal

Eles são acusados de falsificar documentos públicos e privados para usá-los na obtenção de vistos consulares dos Estados Unidos da América e do Canadá

Policiais federais prenderam nesta sexta-feira, dia 29, nos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, três pessoas acusadas de falsificar documentos públicos e privados para usá-los na obtenção de vistos consulares dos Estados Unidos da América e do Canadá. O grupo é composto por capixabas e atuava nos Estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A operação teve início às 8 horas, quando um dos suspeitos acompanhado por quatro supostos "clientes" estavam autenticando documentos dentro de um Cartório de Registro Civil na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Segundo investigações, ao saírem do cartório, o grupo se deslocaria para o Consulado Americano para requerer os vistos consulares apresentando documentos falsos.

Em Vitória foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em dois escritórios e em duas residências. Todos situados no centro da capital capixaba. Duas pessoas foram presas.

Os policiais da Delemig (Delegacia de Imigração) investigavam o grupo criminoso há mais de 45 dias. Foi apurado que dois irmãos componentes do grupo atuavam neste tipo de crime há mais de 20 anos. Entre os documentos produzidos de forma ilegal, estão certidão de nascimento e óbito, contra-cheques, declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e contrato social.
A PF suspeita que no último mês mais de 30 pessoas utilizaram os serviços da quadrilha, pagando aproximadamente US$ 9 mil por pessoa. Os acusados foram conduzidos à sede da Polícia Federal em Vila Velha (ES), onde ficarão custodiados à disposição da Justiça Federal.

Fonte: (MATOGROSSO ON LINE)