Publicado em 3/04/2008 as 12:00am

Executivo paulista será o primeiro turista espacial brasileiro

Bernardo Hartogs pagou 200 mil dólares para ser incluído na lista de 250 passageiros do vôo suborbital previsto para 2009

O executivo do setor petrolífero Bernardo Hartogs será o primeiro turista espacial brasileiro. O paulista de 53 anos está na lista de 250 passageiros da Virgin Galactic, que planeja oferecer, a partir de 2009, vôos suborbitais a partir de uma base americana no Novo México. Para participar do programa, Bernardo teve que desembolsar 200 mil dólares.

Ele até já participou de um treinamento especial de preparação para o vôo, há cinco meses. "Quase chorei quando fizemos a simulação do vôo. É uma sensação emocionante, indescritível. Mexe com a alma da gente", descreve o executivo, casado e pai de três filhos. A data do vôo ainda não foi marcada, mas outros passageiros ilustres já foram confirmados: o físico e escritor britânico Stephen Hawking e o designer francês Philippe Starck.

O brasileiro está excitadíssimo com a possibilidade de entrar para a história: "Nunca imaginei que um cidadão como eu, que nunca foi cientista ou astronauta, teria um dia esta oportunidade. Acredito que daqui a dez anos será possível passar um fim de semana no espaço, mas agora tudo é muito fascinante", disse Bernardo.

A Virgin Galactic promete aos turistas espaciais uma experiência "intensa, maravilhosa e verdadeiramente inesquecível". Os passageiros vão embarcar na SpaceShipTwo, que será transportada pela nave-mãe até uma altura de 15 quilômetros. Em seguida, começa a contagem regressiva para a viagem da nave ao espaço. Em questão de segundos, os passageiros vão vivenciar a força de uma velocidade três vezes superior à velocidade do som. A nave vai atingir a altitude de 110 quilômetros.

Durante cerca de cinco minutos, os turistas vão poder deixar seus assentos para viver a experiência da ausência de gravidade e observar o espaço através de grandes janelas circulares situadas nas paredes e no teto da fuselagem. A nave inicia em seguida o retorno à atmosfera. Serão, portanto, vôos suborbitais, que atingem o espaço, mas não chegam a realizar uma evolução completa em torno do planeta.

O primeiro turista espacial da história foi o empresário americano Dennis Tito, que, em 2001, visitou a Estação Espacial Internacional (EEI). No total, cinco pessoas já passaram "férias espaciais" na EEI ? e pagaram pela extravagância cerca de 30 milhões de dólares por pessoa.

Fonte: (G1)