Publicado em 13/10/2008 as 12:00am

Planos anticrise impulsionam alta na Bovespa, que sobe mais de 10%

Ajuda ao mercado na Europa e no Brasil animou investidores. Por volta das 16h25, Bovespa subia 13,37%

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue a reação positiva dos mercados internacionais e  faz um pregão de recuperação nesta segunda-feira (13). Depois da pior semana que os mercados já viveram desde o início da crise financeira atual, o Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, subia 13,37%, aos 40.371 pontos, às 16h27.

Os investidores reagem bem a uma série de medidas anunciadas em vários países para tentar conter a sangria dos mercados financeiros. A alta vem depois de sete pregões seguidos de perdas - na sexta-feira, o índice Ibovespa havia caído 3,97%, acumulando queda de 44% no ano.

Ajuda européia

No domingo, países da zona do euro se comprometeram a ajudar bancos, o que já se reverteu em medidas anunciadas no mesmo dia por Portugal, Noruega e Emirados Árabes.

em três instituições; Já nesta segunda foi a vez de mais três países ajudarem suas instituições afetadas pela crise: a Grã-Bretanha divulgou a injeção de US$ 63 bilhõesna França, foram 360 bilhões de euros; na Alemanha, o plano terá US$ 655 bilhões, a Espanha, 100 bilhões de euros. O governo da Espanha também anunciou que destinará 100 bilhões de euros em um plano de ajuda para os bancos. 
 

BCs atuantes

Ação coordenada dos BCs também promete injetar bilhões de dólares no mercado, por meio de um programa de liberação de todos os depósitos compulsórios sobre depósitos a prazo, cuja alíquota é de 15%, sobre depósitos interfinanceiros (leasing) e sobre a alíquota adicional de 5% de depósitos à vista e a prazo.

 

Fonte: (G1)