Publicado em 23/10/2008 as 12:00am

Alta do dólar faz brasileiro gastar menos no exterior, aponta BC

A forte alta do dólar em outubro levou brasileiros a reduzirem seus gastos com viagens internacionais, apontam dados divulgados pelo Banco Central

A forte alta do dólar em outubro levou brasileiros a reduzirem seus gastos com viagens internacionais, apontam dados divulgados pelo Banco Central. Enquanto em setembro os turistas deixaram US$ 1,124 bilhão no exterior, neste mês, até esta quinta-feira (23), esse tipo de gasto ficou em US$ 559 milhões.

Os gastos de estrangeiros no Brasil somaram US$ 468 milhões em setembro e US$ 357 milhões em outubro. As viagens de estrangeiros ao país também diminuíram devido à crise, avalia o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

As despesas de brasileiros no exterior em setembro foram 9,98% maiores que em agosto (US$ 1,022 bilhão) e 57,42% superiores a setembro do ano passado (US$ 714 milhões). No acumulado dos nove primeiros meses do ano, esses gastos atingiram US$ 8,986 bilhões, o que representa 57,54% a mais do que no mesmo período de 2007 (US$ 5,704 bilhões).

Ainda segundo o BC, os turistas estrangeiros gastaram um pouco menos com viagens ao Brasil em setembro, quando foram contabilizados US$ 468 milhões.

Isso porque, frente aos US$ 499 milhões verificados em agosto, nota-se um recuo de 6,21%. Já na comparação com o nono mês do ano passado (US$ 343 milhões), houve alta de 36,44%.

Por fim, de janeiro a setembro, os turistas estrangeiros gastaram US$ 4,334 bilhões no Brasil, o que significa um aumento de 20,12% frente aos US$ 3,608 bilhões gastos nos nove primeiros meses de 2007.

O dólar comercial abriu o mês de setembro cotado a R$ 1,906 e fechou a última quarta-feira a R$ 2,381. Antes disso, a moeda americana já havia registrado forte alta, de 16,8% em setembro.
A cotação iniciou o mês passado em R$ 1,635.

Fonte: (UOL)