Publicado em 27/11/2008 as 12:00am

Governador Valadares é a primeira cidade de Minas a emitir novo passaporte

Preocupado em garantir a segurança e dificultar a ação dos falsificadores de documento, a Polícia Federal do Brasil preparou um novo passaporte, com 16 novos itens de segurança e acompanhando os padrões do MERCOSUL

Por Luciano Sodré


Preocupado em garantir a segurança e dificultar a ação dos falsificadores de documento, a Polícia Federal do Brasil preparou um novo passaporte, com 16 novos itens de segurança e acompanhando os padrões do MERCOSUL. A primeira cidade em Minas Gerais a emiti-lo será Governador Valadares, principal rota usada para o envio (ilegal) de brasileiros para os Estados Unidos.


O departamento da PF, em nota extra-oficial, afirmou que pelo menos 40 quadrilhas especializadas em agenciar imigrantes brasileiros para os EUA e Europa, agem no estado. A maior parte delas está concentrada em Governador Valadares.


O novo documento, de cor azul, começa a ser emito na segunda-feira (1º de dezembro), conforme informou a chefe do Setor de Passaporte da PF, Conceição Farias. Ela disse que durante esta semana, alguns funcionários receberam treinamento e o órgão passou por algumas adaptações para ter condições de receber o sistema informatizado de emissão do documento.


Conceição disse que a escolha de Valadares para ser a primeira cidade a emitir o novo passaporte aconteceu em virtude do alto índice de documentos solicitados. “Proporcionalmente, GV emite mais passaportes, por dia, do que Belo Horizonte”, acrescenta.


Segundo ela, entre anos de 2004 e 2005, o órgão registrou uma média de 250 solicitações diárias, superando cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. “A delegacia de Valadares atende 114 cidades na região e diariamente dezenas de pessoas se aglomeram, em filas, para fazer o pedido”, fala.


O delegado Rui Antônio da Silva disse que, além do índice elevado de solicitações, Valadares está em um contexto de falsificação de documentos com ramificações em diversas partes do Brasil. “Tenho certeza de que este novo passaporte servirá como um elemento fundamental no quesito segurança e irá inibir a ação dessas organizações criminosas”, afirma ele.


O novo passaporte, que será impresso na Casa da Moeda, deverá ser entregue no prazo de 15 dias. “Mesmo com a implantação do novo modelo, ninguém será obrigado a renovar o documento de imediato”, acrescenta Conceição.

Fonte: (Estado de Minas)