Publicado em 1/12/2008 as 12:00am

Doações para vítimas da chuva em SC chegam a R$ 5,7 milhões

Dinheiro foi depositado nas contas abertas para angariar fundos. No palco da Oktoberfest, voluntários separam donativos

A Defesa Civil de Santa Catarina recebeu, até esta segunda-feira (1º), R$ 5.714.157,51 nas contas abertas para angariar fundos para vítimas da chuva. Segundo a Defesa Civil, foram contabilizados até esta tarde 114 mortes e 78 mil desabrigados e desalojados.

Segundo a Defesa Civil, R$ 811.727,00 já foram utilizados para a aquisição de produtos de higiene pessoal, itens de limpeza e cestas básicas com alimentos.

Nesta segunda-feira (1º), o Jornal Hoje mostrou que o palco da Oktoberfest, a festa criada para reerguer Blumenau depois da enchente de 1983, se transformou no retrato de uma cidade que tenta voltar à vida. Lá, mais de mil pessoas separam as doações que chegam de todos os cantos do país. 

A técnica em programas federais Marisa Porto é uma das voluntárias. A casa dela também foi atingida pela enxurrada. “Só penso em trabalhar, não penso na minha casa”, ela conta.

Nesta segunda-feira (1º), o Jornal Hoje mostrou que o palco da Oktoberfest, a festa criada para reerguer Blumenau depois da enchente de 1983, se transformou no retrato de uma cidade que tenta voltar à vida. Lá, mais de mil pessoas separam as doações que chegam de todos os cantos do país. 

A técnica em programas federais Marisa Porto é uma das voluntárias. A casa dela também foi atingida pela enxurrada. “Só penso em trabalhar, não penso na minha casa”, ela conta.

As montanhas de doações crescem com a solidariedade das pessoas de todos os cantos. O comerciante Antônio Carlos Spilli viajou 400 km para chegar a Blumenau: “A gente quer ajudar e fica à disposição para trazer alguma coisa, trabalhar de alguma maneira”, explica.

Até agora, as vítimas da enchente em Santa Catarina já receberam 800 toneladas de comida e 1 milhão de litros de água. Para os lugares mais duramente atingidos, onde houve queda de barreira e o acesso por terra ainda é complicado, os helicópteros do Exército e da Polícia Militar levam os mantimentos.
O operador de máquinas José Santos perdeu a casa onde vivia com os cinco filhos. “Para nós é motivo de alegria receber esse apoio e poder confortar nossa família com alimento”, disse ele ao Jornal Hoje.

Tudo que chega é recebido com muita gratidão. “O importante é ter comida e água, o resto nós conseguimos. Com saúde, nós vamos conseguir”, diz a auxiliar de serviços gerais Maria Kessier.

Veja as contas para doações:

Banco/Siccoob SC -  Agência 1005, Conta Corrente 2008-7

Caixa Econômica Federal - Agência 1877, operação 006, conta 80.000-8

Banco do Brasil - Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7

Besc - Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0.

Bradesco - Agência 0348-4, Conta Corrente 160.000-1

Itaú - Agência 0289, Conta Corrência 69971-2

Sicredi -  Agência 2603, Conta Corrente 3500-9

Santander - Agência 1227, Conta Corrente 430000052


Fonte: (G1)