Publicado em 17/03/2009 as 12:00am

Morre o deputado Clodovil Hernandes

Após morte cerebral, deputado teve parada cardíaca. Nenhum órgão poderá ser doado, diz médico.

O deputado Clodovil Hernandes (PR-SP) teve uma parada cardíaca e morreu às 18h50 desta terça-feira (17). Clodovil teve morte cerebral detectada à tarde e estava sendo mantido vivo por equipamentos e medicamento para os procedimentos de doação de órgãos. 

Mesmo assim, segundo o coordenador de transplantes do Distrito Federal, Lúcio Lucas, nenhum órgão poderá ser doado. As córneas têm edemas que impedem a retirada.

A autorização para a retirada dos órgãos havia sido dada por assessores do deputado e pelo Ministério Público, uma vez que ele não tem parentes próximos com os quais mantinha contato. A assessora de imprensa do deputado, Berta Pellegrino, disse que Clodovil havia manifestado várias vezes a intenção de doar seus órgãos quando morresse.

 

Fonte: (G1)