Publicado em 22/04/2009 as 12:00am

Faxineira dá à luz quadrigêmeos em Florianópolis

Casal só descobriu que teria gêmeos no sexto mês de gestação. Pais não têm cama para dormir e nem enxoval para as crianças


A faxineira Daniele Fátima dos Santos, de 25 anos, deu à luz quadrigêmeos, na manhã desta terça-feira (21), no Hospital Universitário (HU), em Florianópolis. Eles estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal para ganhar peso.  

André, Yngrid, Yasmin e Ana Luíza nasceram após a 30ª semana de gestação, em uma cirurgia cesariana, que durou pouco mais de uma hora.

Daniele trabalha como faxineira e mora em São João Batista (SC), que fica a 70 quilômetros da capital catarinense, com o marido, o pedreiro Adair Daros Corrêa, 20 anos, e outros dois filhos, de 12 e 8 anos, frutos do primeiro relacionamento dela.

O casal tem renda familiar de R$ 1,3 mil. Uma campanha feita no hospital arrecadou algumas fraldas, roupas e três berços para a família. 

O pai disse que André nasceu com 1,345 kg, Yngrid com 1,250 kg, Yasmim com 1,050 kg, e, por último, Ana com 1,260 kg. "A gente só descobriu que eram quadrigêmeos quando fizemos o ultrassom no sexto mês de gestação. Tava muito caro o exame e só conseguimos juntar dinheiro muito tempo depois. A gente desconfiava que fossem gêmeos, mas só dois e não quatro. Quase caí para trás."

Adair revelou ainda que, tanto o casal como outros os dois filhos mais velhos não têm cama para dormir, mas isso não foi um dificultador para a geração dos quadrigêmeos. "De certa forma foi bom, porque sem a cama a gente acaba fazendo menos barulho", disse o pai.

O pedreiro leva a situação com bom humor, mas prevê dificuldades para conseguir cuidar dos bebês. "Não temos nem máquina de lavar roupas. Não sei como vai ser para cuidar das roupinhas dos bebês, que ainda nem temos para todos ainda. A gente não esperava ter de arrumar um enxoval tão grande".


Fonte: (g1)