Publicado em 24/06/2009 as 12:00am

Com queda do dólar, turista brasileiro volta a gastar mais no exterior

Em maio, turistas brasileiros gastaram US$ 779 mi no exterior. Volume de gastos do mês passado é o maior desde setembro.

Com a queda do dólar nos últimos meses, fator que barateia as passagens e viagens ao exterior, os gastos de turistas brasileiros também começaram a crescer, revelam números divulgados nesta quarta-feira (24) pelo Banco Central.

Em maio, o volume de gastos de turistas brasileiros somou US$ 779 milhões, o maior valor desde setembro do ano passado - antes do agravamento da crise financeira internacional - quando houve despesas no exterior de US$ 1,12 bilhão. Em junho, até o dia 24, as despesas seguem esse ritmo: somaram US$ 786 milhões.

"Com o câmbio apreciando [dólar caindo], há um pouquinho mais de estímulo para gastos no exterior. Teremos um pouco mais de gastos em relação ao que estava previsto anteriormente", disse o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes. No acumulado de janeiro a maio, porém, os gastos de turistas brasileiros fora do país somaram US$ 3,46 bilhões, com queda de 22,7% frente ao mesmo período do ano passado (+US$ 4,48 bilhões).

Por outro lado, as despesas de turistas estrangeiros no Brasil somaram US$ 354 milhões em maio deste ano - o menor volume desde setembro de 2007, quando somaram US$ 343 milhões. A queda nos gastos de turistas estrangeiros coincide com o período da crise financeira internacional, que tem espalhado recessão ao redor do mundo. De janeiro a maio, as despesas de estrangeiros no Brasil totalizou US$ 2,16 bilhões, com recuo de 12,4% contra o mesmo período de 2008 (+US$ 2,47 bilhões).


Fonte: (G1)