Publicado em 1/07/2009 as 12:00am

Com mais 55 confirmações, Brasil já tem 680 casos de Influenza A

Só no Rio Grande do Sul, Ministério confirmou mais 45 casos. Estado com mais casos confirmados da doença é São Paulo.


O Ministério da Saúde confirmou nesta terça-feira (30) 55 novos casos de pessoas infectadas pelo vírus Influenza A (H1N1) no Brasil. Com os novos registros, chega a 680 o número total de pacientes infectados pela doença, também conhecida como gripe suína, no país. Até a tarde de segunda-feira (29), havia 625 casos da nova gripe no Brasil.


Os novos registros da doença foram confirmados nos estados do Rio Grande do Sul (45), Piauí (3), Santa Catarina (3), Alagoas (1), Distrito Federal (1), Paraná (1) e Sergipe (1).

Segundo o Ministério, os números divulgados nesta tarde se referem aos resultados acumulados desde os primeiros registros de infecção no Brasil, no dia 8 de maio. “A quase totalidade desses pacientes já recebeu alta ou está em processo de recuperação”, destaca nota enviada pelo órgão.

É do Rio Grande do Sul, estado que já registrou 85 casos da gripe, o único caso de morte da doença confirmado até o momento no país. Trata-se de um caminhoneiro gaúcho de 29 anos. Segundo a Secretaria de Saúde estadual, ele era de Erechim (RS), estava internado em Passo Fundo (RS) e morreu no domingo (28).

O caminhoneiro, de acordo com o Ministério da Saúde, contraiu a doença durante uma viagem à Argentina e estava internado há cerca de dez dias. O estado com mais casos registrados até o momento é São Paulo, com 308 confirmações de pacientes infectados pelo vírus H1N1.

Segundo o ministério, os números são referentes a informações repassadas pelas Secretarias estaduais de Saúde até as 13h desta terça-feira. Dos 578 casos confirmados até o dia 28, 384 (66,4%) foram de pessoas que se infectaram no exterior e 142 (24,6%), de transmissão autóctone (ocorrida dentro do território nacional). Ainda de acordo com o órgão, os principais locais de provável infecção de brasileiros foram a Argentina (235 casos), os Estados Unidos (81) e o Chile (33).

No mundo, segundo o boletim divulgado pelo ministério, já são 75.860 casos de Influenza A, com 331 mortes. Os países com o maior número de registros são os Estados Unidos, com 27.717 casos e 127 óbitos, e o México, com 9.028 confirmações e 119 mortes.

Entre os países da América do Sul, Chile e Argentina são os que têm mais casos da doença. O governo chileno já confirmou 6.211 pacientes infectados, com 12 mortes. Já o governo argentino contabilizou 1.587 casos, com 26 mortes.

Fonte: (G1)