Publicado em 24/07/2009 as 12:00am

Ministério da Saúde corrige para 29 o número de mortos pela nova gripe

Na quinta, foi divulgado que 34 pessoas seriam vítimas da influenza A. Segundo governo, o erro aconteceu na contagem de mortes no RS


O Ministério da Saúde corrigiu nesta sexta-feira (24) o número de mortos no Brasil pela influenza A para 29. Na quinta-feira (23), o governo havia divulgado que o número de vítimas seria 34.

Segundo o ministério, por um erro técnico, foram computadas cinco mortes a mais no Rio Grande do Sul. Do total de mortes, 11 ficam no RS, 12 em São Paulo, 5 no Rio de Janeiro e 1 no Paraná.

Nesta terça, o governo brasileiro afastou, por enquanto, a quebra de patentes como meio de obter acesso à fórmula da vacina contra o vírus influenza A (H1N1) assim que comece a produção nos países desenvolvidos.

Segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, a aposta do Brasil está no acordo de transferência de tecnologia já existente entre o Instituto Butantan e o laboratório francês Sanofi Pasteur, maior produtor mundial de vacinas para uso humano.

Pouco antes da reunião de ministros da Saúde dos países do Mercosul, Chile e Bolívia, na tarde desta quinta, Temporão advertiu que o país registrará mais mortes decorrentes da doença e que não terá condições de suprir os países vizinhos com as vacinas que espera produzir a partir de 2010.

"Infelizmente, vamos ter mais óbitos", afirmou Temporão, que se disse mais preocupado com a situação no Rio Grande do Sul. No estado foi registrada a primeira morte no país causada pela doença.

Fonte: (G1)