Publicado em 3/08/2009 as 12:00am

Pernambuco confirma primeira morte provocada pela nova gripe

Estudante de 17 anos estava internada em Olinda desde 20 de julho. Este é o terceiro caso de morte pelo vírus Influenza A(H1N1) no Nordeste

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco confirmou a morte de uma adolescente de 17 anos, na manhã desta segunda-feira (3), em decorrência da nova gripe. A jovem estava internada desde 20 de julho no Hospital Prontolinda, em Olinda (PE). Este é o primeiro caso de morte pelo vírus Influenza A(H1N1) no estado e o terceiro no Nordeste.

Segundo a secretaria, a menina viajou de Belo Horizonte para passar férias em Porto de Galinhas, em Ipojuca (PE), quando foi internada com os sintomas da nova gripe. Ela estava acompanhada de familiares, que são monitorados.

Na Bahia

A Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab) também confirmou, nesta segunda, a primeira morte do estado em decorrência da doença. A vítima é um corretor de imóveis de 50 anos, que faleceu na terça-feira (28). Ele fez tratamento no Hospital São Rafael, em Salvador.

Segundo nota divulgada pela Sesab, o resultado do exame laboratorial apresentou resultado positivo para o vírus Influenza A(H1N1). O texto ainda aponta que o paciente era hipertenso e tinha histórico familiar de morte súbita.


A Sesab informa que esse fato isolado não significa que o vírus esteja circulando na capital. A Vigilância Epidemiológica ainda investiga a possível fonte de contaminação do paciente e está monitorando os seus familiares, com o objetivo de detectar qualquer alteração no estado de saúde. 

             
Na Paraíba

A primeira morte em decorrência da nova gripe no Nordeste ocorreu na Paraíba e foi confirmada na semana passada. Um estudante de enfermagem, de 31 anos, morreu em João Pessoa. Ele estava internado no Hospital Universitário e apresentava problemas respiratórios.


Fonte: (G1)