Publicado em 25/01/2010 as 12:00am

Congresso aprova envio imediato de mais 900 militares para o Haiti

Comissão representativa concordou com proposta do governo. Autorização também permite que mais 400 sejam enviados depois.

A comissão representativa do Congresso Nacional aprovou nesta segunda-feira (25) o envio imediato de mais 900 militares brasileiros para atuar no Haiti. A autorização permite ainda que o governo decida posteriormente pelo envio de mais 400 militares, que fariam parte de uma espécie de reserva. O projeto de decreto legislativo segue para promulgação pelo Congresso.

Atualmente, são cerca de 1,3 mil militares brasileiros no Haiti, onde o Brasil coordena uma missão de paz da Organização das Nações Unidas. O Haiti foi atingido no dia 12 de janeiro por um terremoto de magnitude 7 que devastou a capital, Porto Príncipe.

O reforço da tropa brasileira no Haiti foi decidido pela comissão representativa porque o Congresso está de recesso até 1º de fevereiro. Até esta data, a comissão, formada por 17 deputados e 8 senadores, pode decidir temas de caráter emergencial. A composição da comissão é feita por meio da indicação dos líderes partidários.

O pedido do aumento do contingente brasileiro no Haiti foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na semana passada atendendo a uma convocação da Organização das Nações Unidas (ONU) para que se aumentasse o efetivo no país após a catástrofe. Os ministérios da Defesa e Relações Exteriores enviaram ao Congresso um projeto de decreto legislativo prevendo o aumento de tropas na semana passada.

Fonte: (Da redação)