Publicado em 26/05/2010 as 12:00am

TV Brasil Internacional é inaugurada na segunda

Na segunda-feira, 24, foi lançada a TV Brasil Internacional. A cerimônia aconteceu no Palácio do Itamaraty, às 15 horas e contou com a presença do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

 

Na segunda-feira, 24, foi lançada a TV Brasil Internacional. A cerimônia aconteceu no Palácio do Itamaraty, às 15 horas e contou com a presença do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o Ministro-Chefe da Secretaria de Comunicação Social Franklin Martins, além de embaixadores e diplomatas.

Os discursos das autoridades foram em Língua Portuguesa, único idioma capaz de exprimir na palavra “saudade” o sentimento determinante para a criação de um canal internacional.  A ideia surgiu pensando nos 3 milhões de brasileiros que moram no exterior e na falta que eles sentem da própria cultura. Na II Conferência de Brasileiros no Mundo, organizada em Outubro do ano passado, a TV Brasil ouviu as reivindicações dos emigrantes e aceitou o desafio de criar um espaço para divulgar informações sobre as riquezas do povo brasileiro.

A exclusividade da palavra “saudade” separa alguns, mas também aproxima aqueles que compartilham o mesmo idioma. A África possui seis países que falam português. E é pela relação estreita entre brasileiros e africanos que a diretora-presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cruvinel, escolheu o continente como primeiro destino do canal. “Em reconhecimento da enorme contribuição para formação brasileira como povo e como civilização, entendemos que temos uma dívida enorme com a África que não pode se pagar com dinheiro, mas com solidariedade”, afirmou Tereza.

Há seis meses, Tereza Cruvinel convidou a jornalista Marilena Chiarelli para assumir a gerência-executiva do Canal Internacional. “Não hesitei um minuto: estava diante de um desafio encantador. Implantar o canal internacional de nossa jovem TV Pública Nacional”, disse Chiarelli.

O Presidente Lula lembrou as dificuldades iniciais em criar a TV Pública em um país tão acostumado com a TV Privada.  Falou sobre o preconceito de que tudo que é privado é bom e o que é público é ruim. Para o presidente é possível fazer televisão pública de qualidade, que tenha discernimento de fazer análises políticas corretas, de contar os fatos como eles são. Sobre as constantes acusações à TV Brasil de atuar como a “TV do Lula”, o presidente afirmou: “Eu não quero uma TV para falar bem do Lula. Eu quero uma TV para falar bem do país, que possa mostrar o Brasil como ele é”.

Agora, a TV Brasil Internacional vai caminhar para chegar aos Estados Unidos, aos países da América Latina, Japão e  Europa. O canal pode não eliminar completamente a saudade dos brasileiros que moram no exterior, mas vai contribuir para que eles não esqueçam quem são. Um dado importante para os leitores do Brazilian Times é que um dos responsáveis por esse lançamento é o Phydias Barbosa, redator e tradutor do BT, também produtor de cinema e TV.

 

A TV Brasil Internacional começou a ser transmitida em 49 países africanos. A operadora responsável por distribuir a programação é a maior de TV por assinatura do continente africano, a Multichoice, que funciona por meio dos sistemas DTH e cabo. A TV Brasil Internacional estará em seu pacote básico, sem custos adicionais para o assinante. Em breve, será lançada também nos Estados Unidos.

Fonte: (Por Daniela Graziani)