Publicado em 1/06/2011 as 12:00am

Museu TAM conta a história da aviação

Com o maior acervo aeronáutico do mundo mantido por uma companhia aérea, a instituição já foi visitada por mais de 165 mil pessoas

 

Com o maior acervo aeronáutico do mundo mantido por uma companhia aérea,  a instituição já foi visitada por mais de 165 mil pessoas

O Museu TAM, localizado em São Carlos, no interior de São Paulo, é a realização do sonho dos irmãos Rolim e João Amaro de preservar a história da aviação para as futuras gerações. Com um acervo de 96 aeronaves, o maior do mundo mantido por uma companhia aérea, a instituição já recebeu mais de 165 mil pessoas desde a sua fundação.

Criado em 1993, o espaço abriu ao público em 2006 com o nome de “Museu Asas de um Sonho” e, após uma extensa reforma, foi reaberto em 2010 como “Museu TAM”.  "Queríamos criar um lugar que inspirasse o público, um lugar de descobertas, de encantamento, de reflexão, de conhecimento e de experiência. Apaixonados por aviação, desejávamos compartilhar esse sentimento com outras pessoas", explica João Amaro, presidente do Museu TAM.

A instituição conta a história da aviação, homenageando seus criadores, construtores, mecânicos, heróis e pilotos. Por meio da conservação, restauração, aquisição e permuta de objetos de valor histórico, artístico e documental, preserva a memória da aviação.

Gerido pela EDUCTAM - Educação, Assistência e Cultura, associação sem fins lucrativos fundada pela TAM em 1993, o museu conta com o benefício da Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida também por Lei Rouanet, criada pelo Ministério da Cultura para incentivar projetos culturais e artísticos.

 

Reforma

Em 29 de junho de 2008, o museu foi fechado ao público para a reforma que ampliou sua área útil de 9,5 mil m² para mais de 22 mil m². O projeto teve como principal objetivo tornar o Museu TAM interativo, com diferentes formas de conteúdo para todas as idades, além de melhorar a infraestrutura, oferecendo maior conforto aos visitantes.

A concepção das instalações originais, que pertenciam a uma antiga fábrica de tratores, foi preservada, mas o Museu TAM ganhou novos espaços, entre os quais auditório (para palestras, conferências e eventos culturais), área de acolhimento, lanchonete, toaletes mais modernos, área de turbinas (onde se explica o funcionamento dos equipamentos que impulsionam os grandes jatos), Espaço Moda (que mostra a evolução dos uniformes de companhias aéreas do mundo todo) e o Espaço Rolim (que conta a história e a trajetória da companhia e de seu fundador).

Os mais atuais recursos tecnológicos foram empregados para tornar a viagem pelo universo da aviação mais informativa e interativa. Audioguides em quatro línguas (português, francês, inglês e espanhol) bem como videoguides, para deficientes auditivos, estão disponíveis. Algumas das peças são exibidas em cenografias que retratam o ambiente em que operavam, inserindo o visitante no contexto histórico. Os visitantes podem experimentar também dois simuladores de voo F-18.

Acervo

O Museu TAM conta com 96 aeronaves históricas em seu acervo, sendo que 76 estão expostas. Entre os destaques estão o hidroavião Jahu; o Lockheed L-049 Constellation da Pan Air do Brasil, primeiro a fazer viagens intercontinentais; e o caça alemão Messerschmitt BF 109 G-4 Trop, usado na Segunda Guerra Mundial; além de réplicas do 14 Bis e do Demoiselle, construídos por Santos Dumont. Quase metade das aeronaves expostas estão em condições de voo.

Em março de 2011, duas novas aeronaves foram acrescentadas à exposição do museu: um Hawker Siddeley HS-125 doado pela FAB (Força Aérea Brasileira) e um ultraleve Roloff-Unger RLU-1 Breezy Pusher, integralmente construído e montado nas oficinas de restauração da instituição.

 

Site do Museu

O Museu TAM também está acessível via internet. No endereço www.museutam.com.br, amantes da aviação podem se inteirar das últimas novidades e encontrar imagens e vídeos relacionados à história do lugar e às aeronaves do acervo. Uma animação na abertura conta a paixão do homem pela aviação e a concretização do sonho dos irmãos Amaro.

O site ainda tem áreas sobre a história da aviação, oficina de restauração, espaço TAM Kids e serviços (loja, auditório e lanchonete), além de indicações de como chegar, funcionamento e preços.

 

Aplicativo Museu TAM para iPhone

Os usuários de iPhone podem usar o aplicativo Museu TAM para guiar sua visita. Também podem visualizar uma apresentação do acervo e informações sobre São Carlos, como onde ficar, onde comer e outras atrações da região.

Parte das aeronaves expostas no Museu TAM tem em suas placas de identificação um QRCode (código de barras 2D). Quando fotografado por um iPhone, traz informações extras sobre o avião, assim como vídeos do YouTube.  

 

Museu TAM

Contato: 55 (16) 3306-2020.

Funcionamento: quarta-feira a domingo, das 10h às 16h (entrada autorizada até as 15h).

Coordenadas para quem quiser ir de avião: Latitude 21º 52\' 35\' \' S e Longitude 047º 54\' 12\' \' W.

Ingressos: R$ 25, com meia entrada de R$ 12,50 para estudantes e idosos de 60 a 65 anos. Visitante a partir de 65 anos e crianças até 6 anos não pagam. Aceitam-se cartões de crédito (American Express, Diners, Mastercard e Visa) e cartões de débito.

Estacionamento e wi-fi gratuitos. 

 

A TAM (www.tam.com.br), incluindo a Pantanal, opera voos diretos para 49 destinos no Brasil e 19 na América do Sul, nos Estados Unidos e na Europa. Por meio de acordos com empresas nacionais e estrangeiras, chega a 93 aeroportos brasileiros e a outros 92 destinos internacionais, incluindo a Ásia. É líder no setor de aviação no país, com market share de 44,5% no último mês de abril. Também detém a liderança entre as companhias brasileiras que operam rotas para o exterior, com 89,1% do mercado em abril. Com a maior frota de aviões de passageiros do país (155 aeronaves), a TAM atende seus clientes com Espírito de Servir e busca tornar as viagens de avião cada vez mais acessíveis ao conjunto da população. É pioneira, entre as companhias aéreas brasileiras, no lançamento de um programa de fidelização; o TAM Fidelidade já distribuiu 14 milhões de bilhetes por meio de resgate de pontos e faz parte da rede Multiplus, que possui hoje 8,3 milhões de associados. Membro da Star Alliance – a maior aliança de companhias aéreas do mundo – desde maio de 2010, a empresa integra uma rede que abrange 1.160 destinos em 181 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Top News