Publicado em 17/03/2012 as 12:00am

Dilma deixa claro para presidente da Fifa que Valcke não é bem-vindo ao governo

Dilma deixa claro para presidente da Fifa que Valcke não é bem-vindo ao governo

De acordo com interlocutores da presidente Dilma Rousseff, ela deixou claro para Joseph Blatter que Jérôme Valcke não é bem-vindo nas relações com o governo.

Porém, de acordo com essa versão, a presidente afirmou saber se tratar de uma decisão exclusiva da Fifa manter ou não o francês como representante junto ao Governo Federal para assuntos da Copa.

A informação vai na contramão do discurso oficial do presidente da Fifa. Blatter disse em entrevista que no encontro de sexta-feira com a presidente ninguém falou sobre o secretário-geral.

A expectativa no Planalto agora é de que Valcke seja mantido na linha de frente, mas sem ultrapassar a fronteira do COL (Comitê Organizador Local).

Aldo Rebello também já sinalizou a pessoas próximas que não está mesmo disposto a voltar a conversar com o francês, que sugeriu um chute no traseiro brasileiro.

Em Brasília, é dado como certo que a partir de agora Blatter tratará diretamente com o ministro do Esporte. Uma vitória na análise dos governistas, já que o número 1 da Fifa lidaria com o número 2 do Brasil em termos de Copa.

Mas a Fifa também tem seus motivos para comemorar. Blatter conseguiu o encontro que tanto queria com Dilma, graças à grosseria de seu funcionário. E, em seguida, foi recebido com tapete vermelho por congressistas graúdos para uma  comilança na residência oficial do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS).

Fonte: (da uol)