Publicado em 18/05/2012 as 12:00am

Corpo de Bombeiros de Caratinga pede ajuda a brasileiros em MA

O Corpo de Bombeiros da cidade de Caratinga, em MInas Gerais está passando por momentos de dificuldade financeira e isso tem dificultado o trabalho de resagate e demais atividades. Mesmo assim tem conseguido desempenhar um bom papel.

Luciano Sodré

O Corpo de Bombeiros da cidade de Caratinga, em MInas Gerais está passando por momentos de dificuldade financeira e isso tem dificultado o trabalho de resagate e demais atividades. Mesmo assim tem conseguido desempenhar um bom papel.

Através de um e-mail enviado à redação do jornal Brazilian Times, os diretores da corporação pedem para que os brasileiros que moram nos Estados Unidos ajudem. Pois somente assim, todos os trabalhos poderão ser melhor desempenhados.

O Corpo tem bombeiros preparados e capacitados para qualquer tipo de resgate ou ação, além de terem coragem suficiente para salvar vidas. Mas tudo isso, fica difícil se não houver recursos financeiros para a compra de equipamentos e outras necessidades.

O Corpo atende 21 municípios, mais de 10 anos de fundação e agora precisa renovar o material, cujo a maioria está deteriorada pelo tempo de uso e desgaste natural. Entre os equipamentos mais necessários estão capas de combate a incêndio, botas, capacetes de aproximação, desfibrilador e máscaras de oxigênio.

O corpo atua em todas as áreas, tais como resgate, salvamento em alturas, salvamentos aquáticos, combate a incêndio, captura de animais e busca e salvamento em matas. A corporação precisa, também, de rádios de comunicação para serem colocados nas 10 viaturas e 10 unidades portáteis.

Os interessados em conhecer mais sobre o trabalho do Corpo de Bombeiros podem acessar o blog http://bombeirosdecaratinga.blogspot.com.br. Quem quiser ajudar pode entrar em contato através dos telefones (33) 9962-0809 ou (33) 3322-3334 e falar com Raimundo Dias (Presidente da CBVC), para saber como colaborar.

http://bombeirosdecaratinga.blogspot.com.br. Quem quiser ajudar pode entrar em contato através dos telefones (33) 9962-0809 ou (33) 3322-3334 e falar com Raimundo Dias (Presidente da CBVC), para saber como colaborar.

Fonte: Brazilian Times