Publicado em 14/08/2012 as 12:00am

Aposentado apanha e é roubado pela filha no Dia dos Pais

Por algum tempo, o aposentado Geraldo Vanzzela, 72, não vai se esquecer do Dia dos Pais, comemorado no domingo (12). Na data, ele apanhou e foi roubado da própria filha, a recicladora Sônia Vanzzella, 39. O fato ocorreu no bairro Vila Zacarias, zona leste

Por algum tempo, o aposentado Geraldo Vanzzela, 72, não vai se esquecer do Dia dos Pais, comemorado no domingo (12). Na data, ele apanhou e foi roubado da própria filha, a recicladora Sônia Vanzzella, 39. O fato ocorreu no bairro Vila Zacarias, zona leste de Sorocaba (99 km de São Paulo).

Na ocasião, a mulher, usuária de drogas, segundo a Polícia Militar, acompanhada Rodrigo Aparecido Teixeira, 19, e de uma terceira pessoa que não foi identificada e fugiu, invadiu a casa do parente e exigiu que ele desse os R$ 400 que havia recebido recentemente de aposentadoria. Diante da recusa de Geraldo, ela passou a agredi-lo com socos, pontapés e até tijoladas.

Após a agressão, o aposentado decidiu pegar o pote onde guardava o dinheiro e entregar à filha. O ocorrido revoltou os vizinhos da vítima que chamaram a polícia. Quando os PMs chegaram, a acusada e os outros dois comparsas já haviam deixado o local.

Um pouco mais tarde, Sônia e Rodrigo foram localizados pela polícia e levados à delegacia onde, num primeiro momento, negaram as acusações. O rapaz, no entanto, tinha as mãos sujas de sangue.

Em seguida, informou a polícia, eles confessaram o crime e disseram que todo o dinheiro tinha sido usado para comprar entorpecentes.

Autuados em flagrante por roubo qualificado, Sônia foi encaminhada à Cadeia Feminina de Votorantim e Rodrigo ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.

O aposentado foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao Hospital Regional de Sorocaba onde realizou diversos exames, inclusive tomografia computadorizada. Com ferimentos leves, foi liberado.

Os advogados dos dois suspeitos não foram encontrados para comentar o assunto.

Sem perdão

Geraldo admitiu que a filha faz uso de crack. Inclusive por causa disso, segundo ele, a acusada perdeu a guarda dos quatro filhos.

O aposentado disse ainda que não pretende mais acolher a filha, caso ela venha a ser liberada pela Justiça.

"Eu não quero mais saber dela. Ela já está criada", afirma. "Além disso, que belo presente eu ganhei no Dia dos Pais: apanhar da própria filha."

Fonte: uol.com.br