Publicado em 7/09/2012 as 12:00am

Embaixador dos EUA oficializa consulado em Belo Horizonte

Em audiência com o Governador Anastasia, no Palácio Tiradentes, Thomas Shannon garantiu que início das atividades ocorrerá em 2013

Em audiência com o Governador Anastasia, no Palácio Tiradentes, Thomas Shannon garantiu que início das atividades ocorrerá em 2013

da redação

O governador Antonio Anastasia recebeu em audiência, nesta quarta-feira (5), o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon. O diplomata anunciou que, a partir do próximo ano, os mineiros vão contar com um consulado norte-americano para a emissão de vistos de passaporte. No momento, uma equipe da embaixada realiza prospecções em Belo Horizonte para definir onde será instalado o consulado.

Segundo o embaixador, em 2011, os Estados Unidos concederam 80 mil vistos para mineiros, nos consulados norte-americanos em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

"É uma demonstração clara do nosso interesse em estreitar as relações com Belo Horizonte e Minas Gerais. Vamos fazer um grande esforço para facilitar as viagens dos mineiros para os Estados Unidos", afirmou Thomas Shannon. A princípio, o funcionamento do consulado seria a partir de 2014, ano em que o Brasil realiza a Copa do Mundo de futebol.

Antonio Anastasia agradeceu a visita e considerou de extrema importância a instalação do consulado na capital mineira, porque estimulará o turismo e abrirá novos caminhos para atração de investimentos dos Estados Unidos no Estado.

"Para nós, a presença do consulado é fundamental para facilitar a vida dos turistas mineiros que viajam, e em grande número, para os Estados Unidos, e, sobretudo, pelas questões econômicas. Tenho certeza de que aqui existem grandes oportunidades para os investimentos norte-americanos, não só na área de mineração, uma área tradicional, mas também naquilo que é mais avançado, como na indústria aeronáutica", disse o governador de Minas.

Apoio do Estado aos EUA

Antonio Anastasia ofereceu apoio do Estado, por meio da Cemig, Copasa e Corpo de Bombeiros, para que a instalação do consulado em Belo Horizonte seja agilizada. O governador anunciou que, em novembro, uma missão oficial visitará Washington, Boston e Nova York no intuito de apresentar Minas Gerais para o setor empresarial e acadêmico.

O comércio bilateral entre Minas Gerais e os Estados Unidos, em 2011, foi de US$ 5,22 bilhões, um crescimento de 40,2% em relação ao ano anterior. Os Estados Unidos foram o segundo parceiro comercial nas exportações (31,1% do total) e o primeiro nas importações (16,7% do total) de Minas.

Em relação ao ranking de estados brasileiros, Minas é o terceiro que mais exporta para os Estados Unidos e o terceiro que mais importa. Entre 2003 e 2011, houve crescimento de 188,9% do comércio bilateral entre Minas Gerais e Estados Unidos. As exportações cresceram 128,0% e as importações 360,8%.

Também participaram da audiência a secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, o secretário Geral do Governo, Gustavo Magalhães, e o subsecretário de Investimentos Estratégicos da Sede, Luiz Antonio Athayde.

Fonte: Brazilian Times