Publicado em 11/11/2012 as 12:00am

Violência na madrugada deixa ao menos 10 mortos na Grande SP

Pelo menos dez pessoas foram mortas e 14 ficaram feridas em mais uma noite violenta na região metropolitana de São Paulo. Os crimes aconteceram em vários pontos da capital e nas cidades vizinhas do ABC paulista e em Guarulhos. O primeiro crime registrado

Pelo menos dez pessoas foram mortas e 14 ficaram feridas em mais uma noite violenta na região metropolitana de São Paulo. Os crimes aconteceram em vários pontos da capital e nas cidades vizinhas do ABC paulista e em Guarulhos. O primeiro crime registrado aconteceu por volta de 21h30 de sábado, em Perus, na região noroeste da capital. Um motoqueiro foi morto a tiros quando trafegava pela rodovia Anhanguera. Segundo a concessionária que administra a via, a ocorrência aconteceu no km 24. Não há informações sobre a autoria dos disparos.

Mais tarde, por volta das 22h, dois homens foram baleados na rua Claudino Barbosa, no Parque Macedo, em Guarulhos. Um deles não resistiu aos ferimentos e morreu, o outro foi internado no Hospital Municipal de Urgência (HMU). O Caso foi registrado no 1º DP de Guarulhos, no Centro.

Ainda em Guarulhos, um homem foi encontrado morto no início da manhã deste domingo no bairro Cabuçú. A polícia informou que o corpo foi encontrado na avenida Silvestre Pires de Freitas, próximo à Cachoeira da Macumba, em um local usado para desova de cadáveres, segundo a Polícia Civil.

Por volta das 11h, a perícia ainda fazia o trabalho no local. O caso foi registrado no 7º DP de Guarulhos e será investigado pelo Departamento de Homicídios da cidade.

Na cidade de Santo André, dois suspeitos foram mortos na madrugada deste domingo após trocarem tiros com a Polícia Militar. Segundo informações da PM, os homens tentavam roubar uma casa na rua Clélia, no bairro Vila Pires, quando foram surpreendidos pelos policiais, por volta das 4h. Ao resistirem à prisão, os criminosos dispararam contra a patrulha e acabaram morrendo. Um terceiro criminoso conseguiu fugir, mas foi capturado mais tarde, escondido dentro de uma casa. Nenhum policial se feriu.

Em São Bernardo do Campo, um casal foi morto dentro de casa na noite de ontem. Segundo a polícia, um homem de 26 anos e uma adolescente de 17 foram alvejados a tiros após bandidos terem invadido a residência, que fica na estrada Fukutaro Yida, no bairro Cooperativa. O crime aconteceu por volta das 23h.

Segundo a polícia, uma terceira pessoa foi baleada, mas conseguiu sobreviver. A vítima foi encaminhada ao Pronto-Socorro Alves Dias em estado grave. O caso foi encaminhado para o 3º DP, que investiga a autoria do crime.

Na região do Campo Limpo, três pessoas foram baleadas. Segundo informações passadas pela Polícia Militar para a Secretaria de Segurança Pública (SSP), uma das vítimas morreu. As outras duas foram encaminhadas para o Pronto-Socorro do Campo Limpo. O estado de saúde delas não foi divulgado.

Segundo informações da Globo News, outras cinco pessoas foram baleadas em Parelheiros, na zona sul de São Paulo, e encaminhadas para hospitais próximos. Em Cangaíba, na zona leste, uma pessoa morreu e duas ficaram feridas por tiros. Perto dali, um homem que roubou um carro morreu depois de trocar tiros com a polícia perto de uma delegacia.

Na Vila Mazzei, na zona norte, duas pessoas foram baleadas, depois que outro homem, em um carro, ordenou que corressem sem olhar para trás. Um jovem de 14 anos foi alvejado no Tremembé, no extremo norte da capital, e foi internado em estado grave.

Onda de violência

Desde o início do ano, ao menos 90 policiais foram assassinados no Estado. Desse total, 18 eram aposentados e três estavam em serviço. Além disso, o Estado continua a enfrentar um grande índice de violência. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, só na capital houve um crescimento de 102,82% no número de pessoas vítimas de homicídio no mês de setembro, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, a alta foi de 26,71% no mesmo período.

Fonte: terra.com.br