Publicado em 4/03/2013 as 12:00am

Bruno chora duas vezes após entrar na sala do júri

O goleiro Bruno Fernandes chorou duas vezes na sala do júri do fórum de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte), onde ele e a ex-mulher Dayanne Souza começam a ser julgados nesta segunda-feira (4) pelo desaparecimento de Eliza Samudio, em 2010.

O goleiro Bruno Fernandes chorou duas vezes na sala do júri do fórum de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte), onde ele e a ex-mulher Dayanne Souza começam a ser julgados nesta segunda-feira (4) pelo desaparecimento de Eliza Samudio, em 2010.

A primeira vez que o goleiro chorou foi logo após a entrada na sala do júri. Alguns minutos depois, seu advogado, Lúcio Adolfo da Silva, entregou-lhe uma "Bíblia". O atleta folheou o livro, deteve-se em uma página e voltou a chorar.

A mãe de Eliza Samudio, Sônia Moura, presente à sala, afirmou há pouco, antes de sair para o intervalo, não acreditar nas lágrimas do goleiro. "Só vou acreditar no choro dele quando ele colaborar com as investigações e contar onde está o corpo da minha filha."

A atual noiva de Bruno, a dentista Ingrid Calheiros, informou que o atleta chegou a perder 19 quilos desde que foi preso, dos quais já recuperou 5 quilos, segundo ela.

Fonte: uol.com.br