Publicado em 8/04/2013 as 12:00am

Trabalhadores fazem protesto e denúncias em Belo Monte

Eles reinvidicam melhores condições de trabalho e maiores salários. Total de manifestantes chega a 10 mil operários.

Funcionários do Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM) deram continuidade nesta segunda-feira (8) aos protestos em frente no canteiro de obras dos sítios Pimental e Belo Monte. A manifestação teve início na última sexta-feira (5). Os mais de 10 mil operários reivindicam por melhores condições de trabalho e maiores salários. "Eles dizem que dão baixada com três meses e quando chega aqui, são seis meses. Não deixam ninguém sair senão tiver com seis meses. Isso é um absurdo, um país desse tamanho. O salário, dizem que a gente chega a ganhar R$ 2 mil e quando chega aqui, é R$ 2 mil que a gente ganha. E um ajudante tira só R$ 600. Como é que você vai ajudar a tua família lá na tua casa desse jeito?", reclama um trabalhador. Operários também reclamaram que estão sofrendo retaliações por causa do movimento de greve. "Do Maranhão eu vim aqui morrer de fome. Não tomei café ainda. Passamos a noite inteira aí, não deixam a gente entrar e ameaçam a gente direto, nossos companheiros aí. E ninguém faz nada pela gente, isso é um absurdo rapaz", denuncia o trabalhador.

Fonte: www.globo.com