Publicado em 30/05/2013 as 12:00am

Após quase 7 horas, termina rebelião em Fundação Casa do litoral de SP

Após quase sete horas de rebelião, um grupo de ao menos 30 menores liberou os últimos funcionários da Fundação Casa de Itanhaém, no litoral de São Paulo, no início da noite desta quinta-feira.

Durante o motim, o diretor da unidade e cinco funcionários foram rendidos e usados como escudo.

Ao menos um adolescente e dois funcionários ficaram feridos durante a rebelião e foram liberados pelos internos para ser levados a hospitais da região. Não há informação sobre o estado de saúde deles.

O motim começou por volta das 12h30, quando um grupo de internos tentou fugir da fundação durante o almoço do feriado de Corpus Christi. Após serem impedidos, os infratores decidiram iniciar a rebelião.

Os internos subiram no telhado da unidade com os reféns, queimaram colchões e agrediram funcionários. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Casa de SP, a unidade abriga 64 infratores.

O Grupo de Apoio, que ajuda na intervenção desse tipo de rebelião, conhecido como "Choquinho", foi acionado e chegou ao local após deixar a base, em São Paulo. Após negociação, os menores decidiram encerrar a rebelião e libertar os reféns.

Fonte: www.folha.com.br