Publicado em 25/06/2013 as 12:00am

Alckmin aposta em recurso federal para metrô, CPTM e corredor de ônibus em Campinas

Alckmin aposta em recurso federal para metrô, CPTM e corredor de ônibus em Campinas


Em coletiva de imprensa nesta terça-feira (25) o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, divulgou três projetos para os quais tentará obter recursos com o governo federal por meio do pacto de mobilidade urbana. "Vamos apresentar três projetos que já temos prontos", disse. O pacto foi anunciado pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira em reunião com prefeitos e governadores, quando ela prometeu R$ 50 bilhões para projetos ligados à mobilidade nas cidades.

Um dos projetos anunciados por Alckmin contempla o corredor de ônibus noroeste na região metropolitana de Campinas. "Ele já está pronto em Campinas, Hortolândia e Sumaré. Agora faremos Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara do Oeste", disse. O investimento para esta obra é de R$ 380 milhões. O corredor terá, no toal, 24,5 km.

O segundo projeto anunciado envolve a reforma de 30 estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), com investimento de R$ 1,2 bilhão.

De acordo com o governador, o terceiro investimento é a extensão da linha 5 do metrô, com três estações entre os bairros do Capão Redondo e o Jardim Ângela, totalizando 3,7 km, com custo estimado em aproximadamente R$ 2 milhões.

"A participação do governo federal, em especial em grandes metrópoles, participando com recursos do orçamento, é essencial. Nós sempre fazemos parcerias, se tiver a gente aceita e agradece", declarou. Alckmin não soube dizer, entretanto, de quanto seria essa ajuda. 

Fonte: www.uol.com