Publicado em 2/07/2013 as 12:00am

Bando rouba ônibus e investe contra duas casas atrás de rival do tráfico

Bando rouba ônibus e investe contra duas casas atrás de rival do tráfico


Um bando de traficantes encapuzados roubou um ônibus na noite desta segunda-feira (1º) em Alvorada, na região metropolitana de Porto Alegre, e invadiu a casa de um rival para cobrar uma dívida relativa ao comércio de drogas na região. Segundo a polícia, o grupo era composto por pelo menos 15 homens.

O delegado Cassiano Cabral, da Delegacia de Pronto Atendimento da cidade, disse que os traficantes chegaram em três carros e abordaram o coletivo no ponto final do bairro São Pedro por volta de 23h.

Conforme os relatos do motorista e do cobrador, os bandidos portavam armas de grosso calibre no momento do crime e anunciaram que queriam o ônibus para uma ação contra uma gangue rival. No momento do ataque não havia passageiros no coletivo.

No comando do ônibus, os criminosos jogaram o veículo contra uma casa na rua Loureiro da Silva, distante cerca de 300 metros do ponto final, e destruíram o muro da residência. Logo depois, o motorista engatou a marcha a ré, embalou o coletivo e atingiu uma segunda residência, onde supostamente estava o traficante rival. 

Segundo o delegado Cabral, houve intenso tiroteio após a invasão e um homem de 28 anos morreu. O bando que estava refugiado na segunda casa tinha entre seis e oito integrantes, de acordo com a polícia. Ninguém foi preso.

Calibres 12 e .380

"Temos relatos de testemunhas que apontam mais de 50 tiros. As informações colhidas até o momento indicam que a quadrilha também desejava roubar armas da residência, mas ainda precisamos investigar mais. Os moradores estão com medo e ninguém quer falar", disse o delegado.

No local foram recolhidos cartuchos de munição calibres 12 e .380. De acordo com o delegado Maurício Barcelos, da Delegacia de Homicídios de Alvorada, o dono da casa atingida conseguiu fugir junto com seus comparsas. Barcelos afirmou que ele era investigado por homicídio.

Depois de utilizar o ônibus, os criminosos fugiram nos três veículos que utilizaram para roubar o coletivo. A Polícia Civil realiza buscas ao bando, mas não havia conseguido localizar ninguém até as primeiras horas desta manhã.

Fonte: www.uol.com