Publicado em 1/08/2013 as 12:00am

Morta a 31ª moradora de rua na Grande Goiânia

Morta a 31ª moradora de rua na Grande Goiânia

Goiânia - Foi registrada a 31ª morte de morador de rua na Grande Goiânia transcorrida de meados de agosto de 2012 até hoje. Mais
uma vez a polícia relaciona o caso com o tráfico ou uso de drogas. A vítima mais recente, uma jovem aparentando cerca de 18 anos de idade e ainda não identificada, foi atingida por um tiro disparado por um motociclista.

O homicídio ocorreu na noite de quarta-feira, 31, próximo ao local onde a jovem andava na companhia de outro morador de rua, no Setor Norte Ferroviário, bairro na mesma região onde ocorreram outras mortes. O motivo do crime seria uma dívida da vítima com traficantes.

O motociclista que atirou foi preso. Trata-se de um adolescente menor de 18 anos que foi reconhecido pelo amigo da vítima. O sobrevivente conseguiu correr na hora dos tiros.

Quando a onda de atentados iniciou, em 2012, houve suspeita de ação de grupo de extermínio e em duas delas os autores acabaram filmados por câmeras. A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, chegou a falar em federalização das investigações. Nesta quinta-feira, 1º, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de Goiás reiterou que a morte mais recente é um novo caso ligado ao tráfico e que não vê ligação entre os assassinatos de moradores de rua, ressaltando que a maioria dos casos foi solucionada.

Fonte: www.uol.com

Top News