Publicado em 6/09/2013 as 12:00am

Fortaleza tem desfile cívico e protesto no 7 de Setembro

Fortaleza tem desfile cívico e protesto no 7 de Setembro

Lauriberto Braga - O 7 de Setembro em Fortaleza terá desfile oficial na Beira-Mar e três grandes manifestações na mesma área. Trata-se do 19º Grito dos Excluídos, do "Maior Protesto da História do Brasil" e "Fora Renan". Tem ainda um jejum da comunidade católica Shalom.

O desfile militar cívico na Beira Mar não terá os centenas de alunos do Colégio 7 de Setembro. Com 78 anos de fundação, pela primeira vez o tradicional colégio cearense deixa de desfilar. Através de circular aos alunos, a direção do 7 de Setembro informou que o desfile estava cancelado "para preservar a integridade física dos alunos, devido aos protestos programados".

A parada militar cívica terá 4,7 mil participantes entre militares e civis. O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB) abrirão, às 8h30, o desfile que é organizado pela 10ª Região Militar. Novecentos policiais estão escalados para dar segurança ao evento.

Os protestos acontecerão concomitantes à parada oficial. O Grito dos Excluídos pretende reunir 3 mil pessoas. O "Maior protesto da história" teve confirmação pelas redes sociais de 9,3 mil pessoas. O Fora Renan estima em 700 participantes.

O comandante da Polícia Rodoviária Estadual, coronel Túlio Studart informou que a área do desfile oficial será isolada: "Os perímetros, que começam ainda na Avenida Historiador Raimundo Girão, garantirão que manifestações não atrapalhem o desfile. Assim como aconteceu na Copa das Confederações."

Já o Shalom convoca seus membros a se unirem ao papa Francisco no dia de oração e jejum pela paz na Síria. Uma representação de 155 membros da Comunidade estará reunido em Assembleia Geral no Centro de Espiritualidade Santa Teresa, em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, neste sábado.

Fonte: www.uol.com