Publicado em 17/09/2013 as 12:00am

Cargueiro encalha na baía da Guanabara e provoca risco de acidente ambiental

Cargueiro encalha na baía da Guanabara e provoca risco de acidente ambiental


Um cargueiro encalhado na baía da Guanabara, no Rio de Janeiro, corre risco de provocar um acidente ambiental. A embarcação Angra Star, da empresa Frota Oceânica e Amazônica S/A, é monitorada pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente), que nesta terça-feira (17) deu um prazo de 24 horas para a empresa retirar todo óleo combustível, lubrificante e resíduos oleosos da embarcação.

De acordo com o Inea, o cargueiro não tem como afundar porque está encalhado -- a área tem pouca profundidade. O órgão já havia autuado a empresa, que nada fez para resolver a situação.

Há uma semana a embarcação está encalhada na baía. De acordo com o Inea, o navio, utilizado para o transporte de contêineres e cargas secas, sofreu afundamento parcial por causa do furto de peças, principalmente, da que mantém a estabilidade da embarcação. Nesta quarta-feira (18), serão iniciados também os procedimentos para a flutuação, posterior desencalhe e retirada do navio do local com a ajuda da Transpetro (estatal que administra o transporte de combustíveis).

A Capitania dos Portos e a Polícia Militar também manterão o local sob vigilância. A reportagem procurou a empresa, que informou que o responsável não poderia atender ao telefonema para falar sobre o caso.

Fonte: www.uol.com