Publicado em 3/10/2013 as 12:00am

Chuva e ventos de até 90 km/h deixam 56 mil casas sem luz em Curitiba

Chuva e ventos de até 90 km/h deixam 56 mil casas sem luz em Curitiba


Um temporal de cerca de 40 minutos de duração com chuva forte, granizo e ventos de até 90 km/h deixou 56 mil domicílios sem energia elétrica em Curitiba nesta quinta-feira (3). Isso significa que quase 7,5% dos consumidores da capital paranaense ficaram sem eletricidade, informou a Copel (Companhia Paranaense de Energia).

Às 18h, cerca de 38 mil domicílios permaneciam sem luz, informou a empresa. Em Campo Magro e São José dos Pinhais, cidades da região metropolitana de Curitiba, outros 11 mil pontos comerciais e residências estavam sem energia no horário.

"Os ventos alcançaram velocidades acima de 64 km/h, derrubando grande número de árvores sobre linhas de transmissão nos bairros Mercês, Vista Alegre, Centro, Alto da Glória e Centro Cívico, dificultando o trabalho de recuperação da rede elétrica nestas localidades", informou boletim emitido pela Copel.

A estatal disse que 70 equipes estão nas ruas para religar as ligações e que "a maior parte" dos consumidores deve ter a situação normalizada até as 19h.

"A região central foi a mais afetada pelo temporal", informou ao UOL o inspetor João Batista dos Santos, coordenador técnico da Defesa Civil de Curitiba. "O Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) registrou ventos de até 90 km/h."

"Ainda não temos números de possíveis desabrigados. Há muitos semáforos sem funcionar, mas não sabemos quantos, pois o próprio centro de controle de tráfego da prefeitura foi destelhado. Há muitas casas e prédios destelhados", relatou.

Na estação rodoviária de Curitiba, que está em obras para a Copa do Mundo, parte do novo telhado se desprendeu com a força do vento, atingindo três pessoas que estavam no local. "Elas se feriram e foram atendidas no local, mas ninguém precisou ser hospitalizado", afirmou Santos.

Até as 18h30, a Defesa Civil não tinha relatos de desabrigados.

A reportagem percorreu a região central de Curitiba minutos após o fim da tempestade. O trânsito estava completamente parado na região do Passeio Público, por onde passam algumas das principais vias de acesso à região norte da cidade.

Vias importantes, como a Padre Germano Mayer, a Dr. Faivre e a Nicolau Maeder, tinham tráfego interrompido pela queda de árvores ou sinalização de trânsito. "Devido à chuva, muitos pontos da cidade estão sem luz. O trânsito está bastante complicado, portanto, só saia de carro agora se for extremamente necessário", informou a prefeitura, por volta das 18h45, via Facebook.

A Secretaria de Trânsito estimou que 200 semáforos estão apagados na cidade. Por volta das 19h, chovia moderadamente na cidade.

Fonte: www.uol.com