Publicado em 9/11/2013 as 12:00am

Advogado de suspeito diz ser impedido de comentar

Advogado de suspeito diz ser impedido de comentar

  

O advogado do fiscal Luis Alexandre Cardoso de Magalhães, Mario Ricca, diz que não pode comentar qualquer questão sobre uma eventual conta nos Estados Unidos de seu cliente por causa do acordo de delação premiada que Magalhães assinou com o Ministério Público.

Promotoria investiga contas ilegais de fiscais no exterior

Pelo acordo firmado com a Promotoria, Luis pode ter uma redução de pena de até um terço se as informações que fornecer aos promotores ajudarem a desvendar o suposto esquema montado em torno da Secretaria das Finanças para reduzir impostos de incorporadores em troca de suborno.

Fonte: www.uol.com