Publicado em 12/11/2013 as 12:00am

Itaú não avisa sobre desconto em investimento, afirma leitora

Itaú não avisa sobre desconto em investimento, afirma leitora


A leitora Maria de Los Angeles Lavin Cebada conta que teve problemas com o banco Itaú durante uma operação de investimento em que foi transferido parte do recurso de sua
aposentadoria.

Ela explica que quando optou pelo investimento a gerente do banco não informou que haveria um desconto antecipado na operação.

Curta o Painel do Leitor no Facebook
Siga o Painel do Leitor no Twitter

Maria afirma que aplicou uma quantia para obter um rendimento de 10% no final de 12 meses e a gerente descontou antecipado 10% do valor do Imposto de Renda do total da aplicação.

Diante da omissão de informação e má conduta da gerente, diz Cebada, ela pede o ressarcimento do valor.

RESPOSTA - O Itaú diz que o valor do desconto se refere ao imposto de renda retido na fonte e que o banco orientou a cliente quanto ao percentual de tributação que estava no investimento.


QUEIXA DE MARCOS BARBOSA: REEMBOLSO DE CONSULTA

Cancelamento de plano de saúde da administradora Qualicorp ocorreu há sete meses. Entretanto, companhia insiste em cobrar incorretamente valor referente a uma parcela do mês de abril da cobertura.

RESPOSTA DA QUALICORP

Explica que o leitor teve cobertura do plano de saúde em abril e que o valor é devido.


QUEIXA DE SILVIA KAWAGUTI: CHIP PRÉ-PAGO

Chip pré-pago da Vivo recarregado com R$ 20 acaba depois de efetuada apenas três ligações para celulares da própria operadora. Contatos foram feitos via e-mail, telefone e por meio de rede social, sem surtirem efeito.

*RESPOSTA DA VIVO *

Afirma que ativou o plano Vivo Sempre para que a cliente tenha os benefícios oferecidos.


QUEIXA DE LUIZ RICARDO ROSSO: REEMBOLSO DE CONSULTA

Pedido de reembolso de consulta médica não foi realizado pela SulAmérica. Durante contato constante com o plano de saúde, a informação repassada é que a empresa não tem resposta para dar sobre o caso.

RESPOSTA DA SULAMÉRICA

A empresa informa que entrou em contato com o leitor e que o reembolso será efetuado.


QUEIXA DE ANDRÉ LEVI DE MELO ALMEIDA: PRODUTO COM DEFEITO

Após seis meses de uso, capa de proteção para iPhone comprado na Apple Store apresenta rompimento nas laterais. Produto tem garantia de um ano, mas empresa não responde aos contatos feitos.

RESPOSTA DA APPLE

Diz que não comenta casos particulares e passou endereço para consulta ao fabricante.

Fonte: www.uol.com