Publicado em 24/08/2015 as 12:00am

Sertanejo salva Brasil em card preliminar e homenageia Cristiano Araújo

Homenageando o cantor Cristiano Araújo, que faleceu em um acidente de carro dois meses atrás, Sertanejo entrou no octógono ao som de "Cê que sabe".

O Brasil não foi muito bem no card preliminar do UFC Fight Night 74, que aconteceu na cidade de Saskatoon, no Canadá. Dos três atletas que representaram o país, apenas Felipe 'Sertanejo' deixou o octógono com o braço levantado após vencer o atleta local Yves Jabouin por finalização ainda no primeiro round. Elias Silvério e Marcos 'Pezão' não tiveram a mesma sorte do compatriota.

Homenageando o cantor Cristiano Araújo, que faleceu em um acidente de carro dois meses atrás, Sertanejo entrou no octógono ao som de "Cê que sabe". E parece que as boas vibrações do céu conspiraram a favor do paulista. Fazendo sua estreia na categoria dos galos (61 kg), o brasuca viu Jabouin começar melhor e, após uma boa sequência de golpes, o haitiano com nacionalidade canadense colocou seu adversário para baixo em uma bonita queda. Entretanto, em um lindo movimento de jiu-jitsu, Sertanejo inverteu a situação e conseguiu pegar o braço do seu adversário, finalizando a luta ainda no primeiro assalto.

"Antes eu era meio preguiçoso e não gostava de deixar de comer. Agora eu tomei vergonha na cara e essa será a minha categoria, definitivamente", disse o pupilo de Diego Lima ainda dentro do cage. O atleta da Chute Boxe/São Paulo se recupera da derrota para Andre Fili e estreia na divisão dos galos com o pé direito.

Pezão conhece sua primeira derrota

Marcos 'Pezão' foi derrotado pela primeira vez no Ultimate ao ser finalizado pelo ucraniano Nikita Krylov. Ex-participante do TUF Brasil 3, o meio-pesado (93 kg) brasileiro chegou perto de vencer seu adversário com duas guilhotinas, mas o europeu manteve a calma e conseguiu reverter a situação. O mata-leão veio ainda no primeiro assalto.

Aos 23 anos, o ucraniano chegou a sua 19ª vitória - todas conquistadas no primeiro round. Já Pezão perdeu pela primeira vez no Ultimate e conheceu o seu terceiro revés da carreira.

Elias Silvério perde a segunda seguida

Noite infeliz do paulista Elias Silvério. Encarando o estreante e canadense Shane Campbell, o peso-leve (70 kg) oriundo de Pirapora do Bom Jesus tentou anular o jogo do adversário e explorar o seu jiu-jitsu, mas acabou levando a pior por decisão unânime dos juízes laterais. Foi o segundo revés seguido do brasuca no maior torneio de MMA do mundo

Logo no início da luta, o Elias já mostrou qual seria a sua estratégia, encurtou a distância e encurralou o canadense até colocá-lo no chão. Apesar de ter ido bem, 'Xuxu' pareceu cansar rápido e no assalto seguinte sentiu o gás. Sabendo que precisava vencer o último assalto para sair vencedor, mas ainda cansado, o brasuca tentou seguir seu plano de jogo ao encurralar o atleta da casa. Não deu certo. Os juízes consideraram que o minuto final da luta, quando Campbell esteve em posição mais favorável, foi mais efetivo do que o paulista.

Veja os resultados do card preliminar do UFC Hollaway x Oliveira:

Felipe 'Sertanejo' venceu Yves Jabouin por finalização (chave de braço) no primeiro round; 
Nikita Krylov venceu Marcos Pezão por finalização (mata-leão) no primeiro round;
Chris Kelades venceu Chris Beal por decisão dividida dos juízes;
Shane Campbell venceu Elias Silvério por decisão unânime dos juízes;
Misha Cirkunov venceu Daniel Jolly por nocaute no primeiro round.

Fonte: uol.com.br