Publicado em 19/10/2015 as 12:00am

Bombeiros dizem não haver mais vítimas em explosão no Rio

Sete pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital

O comandante do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, coronel Ronaldo Alcântara, afirmou na manhã desta segunda-feira (19) que não há mais reclamações de parentes ou conhecidos sobre possíveis desaparecidos nos escombros do prédio que desabou em São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro, após uma forte explosão durante a madrugada. Sete pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Souza Aguiar.

"Não trabalhamos com a hipótese de ter mais alguém sob os escombros, porque não há reclamação nem de parentes nem de família, mas o protocolo a ser seguido é que a gente sempre leve em consideração a presença de outras pessoas e, por isso, vamos continuar o trabalho de resgate", disse o comandante sobre os trabalhos no edifício que desabou, onde funcionavam um restaurante, uma pizzaria, uma farmácia, além de 11 quitinetes em uma vila, no fundo do prédio.

A causa do acidente vai ser investigada pela Polícia Civil mas, segundo Alcântara, indícios já apontam para a possibilidade de ter havido um escapamento de gás. "Nesse momento, nosso trabalho é focado na busca de vítimas. A posteriori, vamos ver nos nossos registros se havia documentação legal ou não dos estabelecimentos [comerciais do prédio]".

Fonte: terra.com.br