Publicado em 10/05/2016 as 8:05am

Mantega diz que fez 'operação comercial' com empresário do grupo Cimento Penha

Mantega diz que fez 'operação comercial'

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega (governos Lula) declarou à  Polícia Federal nesta segunda-feira, 9, que manteve 'relações  comerciais' com o empresário Victor Sandri, do grupo Cimento Penha.  Mantega foi conduzido coercitivamente pela Polícia Federal em São Paulo  para depor no inquérito da Operação Zelotes que investiga suposta  manipulação de julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos  Fiscais (Carf), braço do Ministério da Fazenda que funciona como uma  espécie de 'tribunal da Receita' - julga recursos de empresas contra  multas aplicadas pelo Fisco.

Em depoimento que se arrastou  por mais de duas horas, Mantega respondeu a todas as perguntas que lhe  foram feitas pela PF. Sobre a ligação com Sandri - que teria sido  beneficiado por um julgamento do Carf -, o ex-ministro declarou que o  conheceu na década de 1990, 'por ocasião de um negócio imobiliário'.

"Na época, eu sequer era ministro da Fazenda", disse Mantega.

O ex-ministro relatou que herdou do pai dois terrenos na Vila Olímpia, 'na ocasião em pleno desenvolvimento'.

"Sandri  era dono de uma construtora, viu os terrenos ociosos e me consultou  sobre a possibilidade de fazermos uma incorporação. Eu daria os meus  terrenos e receberia em pagamento algumas unidades do edifício que iria  ser construído", contou Mantega.

Segundo ele, a primeira operação, com um dos terrenos, foi executada por volta de 1990. A outra, alguns anos depois.

Fonte: istoe.com.br

Top News