Publicado em 9/08/2016 as 5:00pm

Miss desabafa após vencer concurso de beleza: 'Já fui eleita a mais feia'

Sabrina Sancler Teles dos Santos, de 23 anos, ganhou coroa de concurso. Jovem de Bertioga (SP) irá representar o Brasil no Miss Intercontinental

Uma moradora de Bertioga, no litoral de São Paulo, representará o Brasil no concurso "Miss Intercontinental", em setembro deste ano. Sabrina Sancler Teles dos Santos, de 23 anos, foi a vencedora do concurso que contou com outras 24 candidatas de todo o Brasil. A jovem, que chegou a ser escolhida a garota mais feia da escola, diz que decidiu entrar 'de cabeça' no mundo dos desfiles há cerca de um ano.

"Eu sempre participei de concursos pequenos, mas no ano passado foi a primeira vez que participei de um concurso maior, que foi o a etapa estadual do Miss Intercontinental. Toda menina sonha com isso [ser modelo]. É quase que natural. Já fui eleita a garota mais feia da escola. Não sei se posso considerar isso uma volta por cima, mas me supero a cada dia", diz.

Em 2015, ela se formou em direito pela Universidade Católica de Santos (Unisantos). A agora advogada diz que consegue viver do mundo da moda, porém não deixará o Direito de lado mesmo com a agenda corrida.

"Eu dei um tempo, mas não acho que eu vá largar [o Direito]. Até porque são muitas coisas ao mesmo tempo e a beleza é efêmera. Eu sempre estou me atualizando. Adoro política e estou sempre por dentro do assunto e discutindo a respeito", afirma a miss.

Miss Litoral de São Paulo
No ano passado, ela participou da seletiva paulista para o concurso nacional. Sabrina acabou não levando a coroa, porém foi indicada por uma comissão para participar do Miss Brasil Intercontinental como representante do litoral paulista.

"Era o começo para mim. No estadual, fui uma das piores candidatas e evolui bastante para o nacional. Na verdade, pensei que iria lá a passeio. Tentei melhorar tudo que possível ouvindo as críticas", explica.

Representando o Brasil em um dos principais concursos de beleza, a jovem se diz honrada e espera fazer bonito. "Vou fazer o meu máximo. Faz anos que o Brasil não ganha um concurso internacional de beleza. Espero chegar perto pelo menos", finaliza.

Fonte: http://g1.globo.com