Publicado em 4/02/2008 as 12:00am

Planeta Brasil terá novo repórter em 2008

A primeira edição de fevereiro do Planeta Brasil trará uma novidade ao programa. No próximo domingo, dia 03, o jornalista Renan Leahy estréia como repórter titular da atração semanal da TV Globo Internacional.

A primeira edição de fevereiro do Planeta Brasil trará uma novidade ao programa. No próximo domingo, dia 03, o jornalista Renan Leahy estréia como repórter titular da atração semanal da TV Globo Internacional.

Aos 29 anos, Renan desembarcou há poucas semanas em Nova York para assumir a nova função. "Estou muito feliz com essa oportunidade e ansioso para conhecer melhor essa vida de imigrante. No pouco tempo em que estou nos Estados Unidos, já pude sentir na pele algumas das dificuldades de quem leva a vida em terras estrangeiras. E percebi a força do apoio da comunidade brasileira, a importância que tem a união com pessoas que também deixaram para trás sua terra natal. E muito bom saber que há alguém por perto, vivendo experiências semelhantes. Esse é o principal objetivo do Planeta Brasil e é essa cumplicidade que quero levar para brasileiros nos quatro cantos do mundo", disse.

Renan foi escolhido para a nova função depois de um processo de seleção realizado com jornalistas de várias partes do Brasil. Nascido em São Paulo , o repórter tem mãe gaúcha e pai alagoano. Ainda criança, foi para Maceió e se formou em direito. Mas a paixão pelo jornalismo falou mais alto. Na TV Gazeta, afiliada da Rede Globo em Alagoas, Renan estagiou e trabalhou como apresentador, editor, repórter e produtor. Em 2006, se mudou para São Paulo, onde ficou durante um ano e meio como repórter da Rede Gazeta.

No Planeta Brasil, Renan substitui o casal de jornalistas César Augusto e Luciana de Michelli. Depois de quatro anos no programa, os repórteres decidiram se dedicar a novos projetos. "O Planeta Brasil é um marco na história da televisão. Não por ser o primeiro programa da TV Globo Internacional, mas por ser o primeiro programa de TV que, ao invés de roteiro, tem alma", afirmou César Augusto.

"'Saímos do Planeta Brasil, mas o Planeta Brasil nunca vai sair da gente'. Pegamos carona nessa frase tão famosa entre os imigrantes para falar que a Globo Internacional nos deu a oportunidade de viver as histórias contadas por brasileiros espalhados pelo mundo. Rimos, choramos, nos emocionamos e vibramos com os entrevistados, sabendo exatamente o que eles estavam sentindo. Depois de milhares de entrevistas, depois de vários países visitados, chegou a hora de seguir a caminhada", completou Luciana.

O primeiro episódio do Planeta Brasil foi ao ar no dia 7 de dezembro de 2003. Desde então, mais de 200 episódios já foram exibidos, falando daquilo que todo imigrante conhece, mas que só o brasileiro tem uma palavra para definir: a saudade. Não demorou para que o programa se transformasse num fórum de idéias e discussões para os brasileiros espalhados mundo afora. Isso porque o telespectador tem um papel fundamental na pauta do programa. Muitas dúvidas e angústias de imigrantes de todas as partes do mundo, assim como histórias de sucesso, chegam diariamente ao email da produção. Essas histórias se transformam em reportagens e, depois, em programas.

A cada semana, o Planeta Brasil apresenta um tema diferente, mostrando como o brasileiro se adapta aos novos países que decidiram chamar de casa, e como seu estilo de vida influencia outras culturas. O programa aborda soluções criativas para problemas comuns enfrentados por todo imigrante: como educar uma criança entre duas culturas diferentes, o desafio da legalização, o objetivo da estabilidade financeira, o sonho de voltar para o Brasil. O programa também apresenta a trajetória de empreendedores que abrem novos mercados para produtos brasileiros ou que se destacam em suas comunidades, nas artes, cultura ou na ciência.

Nesses quatro anos, o Planeta Brasil já entrevistou mais de três mil pessoas em 23 países como Brasil, México, Alemanha, França, Japão, Inglaterra, Itália, Holanda, Marrocos, Canadá, Argentina e Portugal, entre outros. Nos Estados Unidos, país que tem o maior número de imigrantes brasileiros, o programa já visitou 14 estados e virou referência para a comunidade brasileira.

Tamanho reconhecimento rendeu vários prêmios ao Planeta Brasil, como o Brazilian Awards, que homenageia as personalidades, instituições e iniciativas comprometidas com a promoção cultural e imagem positiva do Brasil. O programa foi premiado por três anos consecutivos na categoria televisão.

O Planeta Brasil é um programa semanal, co-produzido pela Globo Nova York e pela produtora independente FJProductions, com sede em Los Angeles. A direção-geral é de Amauri Soares, apresentação de Patrícia Poeta e reportagem de Renan Leahy (New York), Luis Fernando Silva Pinto (Washington) e Tanira Lebedeff (Los Angeles). A edição é de Eduardo Canto Machado. A produtora independente FJProductions, do brasileiro Fabio Golombek, é a responsável pela co-produção, edição e finalização. O programa é exibido com exclusividade pela TV Globo Internacional, primeiro canal brasileiro a ser transmitido, via satélite, 24 horas por dia, para brasileiros e demais comunidades de língua portuguesa no exterior. Atualmente, mais de 400 mil assinantes premium em 110 países nos cinco continentes recebem o sinal da Globo Internacional.

Fonte: (braziliantimes.com)