Publicado em 12/03/2008 as 12:00am

Brasileiro dirige, bêbado, seis milhas na contra-mão

Ele foi preso depois de uma mega-operação da polícia estadual que bloqueou a I-290

Da redação

O brasileiro Francisco M. Andrade, 41 anos, foi preso na noite de domingo, por volta das 22 horas, depois de ter conduzido seu veículo Chevrolet 1500 ano 99 por seis milhas na contra mão. Segundo informações do tenente Michael Conti, da polícia estadual, o motorista estava bêbado.

O tenente disse ainda que os policiais foram obrigados a fazer uma barreira na rodovia I-290 para parar o brasileiro que não atendia à ordem das viaturas que o perseguiam. "Ele estava em alta velocidade e na maioria das vezes ultrapassava 100 milhas por hora (média de 160 km/h)", acrescenta Michael.

O policial Eric Benson disse que Francisco passou por ele em alta velocidade e, neste momento, chamou pelo rádio a central da polícia estadual de Holden-Massachusetts, cidade que ficava na direção para o brasileiro estava indo. "Eles me informaram de que já haviam recebido diversas chamadas telefônicas informando a irregularidade", fala acrescentando que o motorista colocou "não apenas a vida dele em risco, mas de dezenas de pessoas que transitavam pelo local".

Depois de Eric ter informado a ocorrência, policiais de Holden bloquearam a rodovia com viaturas e ficaram à espara do brasileiro. Mas o bloqueio serviu apenas para forçar aos brasileiro a reduzir a velocidade. Quando percebeu a presença da polícia à sua frente ele desviou do bloco e entrou na rota 140, sentido Shrewsbury-MA.

Francisco só parou, segundo ele, depois que viu as luzes das viaturas policiais vindo em sua direção e "que não tinha percebido antes".

Os policiais que atenderam a ocorrência não souberam informar quando e como o brasileiro entrou na I-290, mas estima-se que Francisco tenha coduzindo seu veículo, na contra-mão, por cerca de seis milhas (pouco mais de nove quilômetros e meio), tendo passado pelas cidades de Northborough, Hudson e Marborough.

O brasileiro foi preso e estará respondendo por diversas acusações, entre elas a de dirigir bêbado. Ele foi entregue, ontem, à Corte de Westborough e responderá por dirigir alcoolizado, não obedecer a ordem de parada da polícia, direção imprudente, dirigir na contra-mão e também, por não estar usando o cinto de segurança.

Fonte: (metrowestdailynews)