Publicado em 23/03/2008 as 12:00am

Entidades planejam nova manifestação em favor de imigrantes

Passeatas simultâneas vão acontecer no dia 1º de maio, em várias cidades americanas

Com o objetivo de pressionar o governo americano a analisar com mais carinho a questão dos mais de 12 milhões de indocumentados no país, entidades de apoio aos imigrantes estão planejando passeatas no próximo dia 1º de maio em várias cidades. As manifestações simultâneas vão lembrar também o primeiro aniversário das agressões sofridas por centenas de imigrantes em Los Angeles, que foram atacados enquanto marchavam pacificamente no Parque McArthur.

"Queremos chamar a atenção para o problema dos indocumentados e exigir que sejam extintas as operações da polícia de imigração", disse Juan José Gutiérrez, diretor do Movimento Latino, um dos organizadores da passeata, acrescentando que a idéia é agendar as manifestações em cidades com grandes concentrações de estrangeiros.

Na passeata do ano passado, dezenas de imigrantes ficaram feridos quando agentes do Departamento de Policía de Los Angeles (LAPD) dispararam balas de borracha e gás lacrimogênio para dispersão a multidão no Parque McArthur. Outros manifestantes foram atingidos por golpes de cassetetes, numa ação que também atingiu crianças e até jornalistas que estavam fazendo a cobertura do fato. O prefeito de Los Angeles, Antonio Villaraigosa, criticou o abuso de autoridade e excesso de violência dos policiais, mas não impôs qualquer penalidade.

Com relação à marcha deste ano, a mobilização já é grande em alguns estados, como Arizona, Novo México, Nova York, Nova Jersey, Illinois, Washington, Virgínia, Flórida, Califórnia, Ohio, Georgia, Texas e Massachusetts, além da capital do país, Washington D.C. "Uma das nossas maiores preocupações é a quantidade de operações antiimigrantes, que estão dividindo famílias e violando os direitos humanos", disse Gutiérrez.

Fonte: (G1)