Publicado em 3/07/2008 as 12:00am

Campanha quer reverter onda anti-imigrante

Será nesta terça-feira, dia 8 de julho, ás 11 horas, o lançamento da campanha para um Welcoming Massachusetts (Massachusetts Acolhedor), que pretende fazer deste estado uma região onde a discriminação, o preconceito e o desrespeito aos direitos de todos o

 

Será nesta terça-feira, dia 8 de julho, ás 11 horas, o lançamento da campanha para um Welcoming Massachusetts (Massachusetts Acolhedor), que pretende fazer deste estado uma região onde a discriminação, o preconceito e o desrespeito aos direitos de todos os seres humanos não tenham lugar. A cerimônia, previamente marcada para o dia 26 e adiada em decorrência do anúncio do projeto educacional do governador Deval Patrick, terá lugar nas escadarias internas da State House.

 

A idéia é usar o evento do dia 8 para lembrar as pessoas residentes deste estado da tradição de receber bem e da necessidade de todos viverem em harmonia. Como símbolo da partilha, os organizadores levarão pão para ser partido e distribuído entre os presentes. Além disso, a idéia é vestir vermelho e/ou branco e formar um coração nas escadarias.

 

O Grupo Mulher Brasileira faz parte dos comitês organizador e fundador e faz um apelo para que o maior número de pessoas estejam presentes. "Nós precisamos apoiar esta campanha e fazer dela nossa bandeira uma vez que nossa comunidade é uma das mais atingidas pelas injustiças do desrespeito aos direitos civis e humanos dos imigrantes", disse Heloisa Maria Galvão, presidente e co-fundadora do Grupo. Rosabelli Coelho, que representa o Grupo no comitê organizador, acha importante a presença de representantes de todos os segmentos das lideranças comunitárias, como líderes religiosos, líderes populares e quaisquer outras pessoas interessadas em mudar a atitude anti-imigrante que permeia a sociedade norte-americana.

 

Semana passada, disse Heloisa, bastou o governador manifestar seu apoio a um projeto-de-lei que permita estudantes indocumentados irem para a faculdade para desencadear toda uma campanha anti-imigrante. "É contra atitudes como estas que precisamos lutar e a melhor maneira de lutarmos é mostrando a contribuição econômica e cultural dos imigrantes."

 

"É importante que nossa comunidade esteja presente", disse Rosabelli, lembrando que este movimento tem conquistado a adesão de vários prefeitos como os de Cambridge, Somerville, Revere e Boston. "Seria ótimo se mostrássemos a força da nossa comunidade, levando grande número de pessoas, entre comerciantes, religiosos, estudantes, professores, entre outros".

 

Para participar e apoiar a campanha, assine a petição na página do Welcoming Massachusetts www.welcomingma.org ou telefone para o Grupo Mulher Brasileira,

617-787-0557 ramal 15.

 

 

 

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)