Publicado em 13/07/2008 as 12:00am

Campanha "Welcoming Massachusetts" precisa de adesões

O Grupo Mulher é uma das co-fundadoras do projeto e está recolhendo assinaturas para tornar MA o estado mais acolhedor do país

Da redação

 

Mais de cem pessoas, além de políticos, participaram terça-feira última do lançamento oficial da campanha "Welcoming Massachusetts", na State House. "Foi um evento muito bonito", disse Rosabelli Coelho, do Grupo Mulher Brasileira, "porque as pessoas que estavam lá já estão bastante abertas sobre esta questão do que é ser imigrante e como os Estados Unidos são". 

Segundo Regina Pritchett, voluntária do Grupo, "foi uma grande oportunidade para a formação de uma comunidade de estrangeiros. Naquele dia, nós éramos uma comunidade de pessoas que se importam como os imigrantes são tratados em Massachusetts".

Regina, que mora em Cambridge mas estuda na Califórnia, disse que sentiu sua identidade conectada com o estado. "Foi maravilhoso deixar outras pessoas saberem que, através das minhas ações me importo com quem mora aqui, independente de origem e de estatus imigratório. E eu tenho de me importar porque são seres humanos e filhos de Deus. Espero que ao tornar esta declaração pública, nossa energia positiva influencie outros e os incite a serem mais acolhedores".  

Rosabelli também defendeu a necessidade de se valorizar o positivo. "Estamos correndo atrás dos valores positivos. Temos de parar de olhar para o negativo", disse, alertando que "as pessoas precisam se doar um pouco senão nada vai acontecer. Se as pessoas não se envolverem, não vai dar certo. Se ficarem receosas ou pensarem 'quem sou eu? Tenho meu trabalho, minha vida' ou não acreditarem, como vai haver mudança?" Ela fêz outra indagação: "Por que a gente se envolve? Porque ou a gente está junto ou nada acontece. As pessoas ficam frustradas e nada acontece (se as pessoas não se unirem)".

Rosabelli participou esta semana de reunião especial do Apostolado Brasileiro para falar a campanha. O Grupo Mulher é uma das agências co-fundadoras do "Welcoming Massachusetts" e está recolhendo assinaturas em favor do projeto de tornar este o estado mais acolhedor do país. Na reunião do Apostolado, coordenada pela Irmã Elisete, estavam presentes leigos representantes de várias comunidades católicas e os padres Pedro, de Cambridge, Jotaci, de Marborough e Hudson, Cláudio de East Boston, Roberto, de Maynard e Newburyport e padre Moacir de Somerville.

Durante o evento do último dia 8, nas escadarias da sede do governo, a estudante Molly Brinbt, aluna da Brookline High School, deu bem o tom da solenidade, ao ressaltar a importância das pessoas se sentirem incluídas, e de sua experiência como de estudar em um "ambiente plural". Além do público, estavam presentes ainda o senador Anthony Galuccio, as deputadas Alice Wolf e Katherine Clark e os deputados Jeffey Sanchez e Byron Rushing.

A campanha continua a arrecadar assinadores de apoio, para mais informações acesse o site http://www.welcomingma.org. Para material em português, visite a página do GMB, www.verdeamarelo.org.  Nesta segunda, dia 14, o prefeito de Revere, Thomas G. Ambrosino, vai endossar oficialmente o "Welcoming Massachusetts", somando seus esforços a outros prefeitos, como os de Boston, Cambridge e de Somerville.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)