Publicado em 20/07/2008 as 12:00am

Comitiva de Massachusetts prepara reunião para prestação de contas

Comitiva avalia de forma positiva encontro no Brasil

Mais de cinco milhões de brasileiros residem no exterior e já formam o que está sendo chamado de "Estado dos Emigrantes". Para debater a situação dos emigrantes brasileiros que enfrentam as mais diversas dificuldades em vários países, o Ministério das Relações Exteriores (MRE), a Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior (SGEB) e a Fundação Alexandre Gusmão (FUNAG) realizaram pela primeira vez no país o evento "Brasileiros no Mundo", I Conferência das Comunidades Brasileiras no Exterior.

O evento aconteceu no Rio de Janeiro, no Palácio Itamaraty, nos dias 17 e 18 de julho, e reuniu, pela primeira vez no País, cinqüenta representantes das principais comunidades brasileiras nos EUA (1,3 milhão de brasileiros), na América do Sul, na Europa (cerca de 800 mil), no Japão (320 mil), na Austrália, na África e no Oriente Médio.

O encontro teve por objetivo abrir o debate sobre a diáspora brasileira visando à criação de políticas públicas para brasileiros no exterior.

O ministro Celso Amorim fez a abertura da Conferência. O embaixador Oto Agripino Maia, subsecretário - geral das Comunidades Brasileiras no Exterior, e o ministro Eduardo Gradilone, diretor do Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior (MRE), participaram dos principais debates sobre propostas e limites de ações em benefícios de brasileiros que residem no exterior.

A conferência foi transmitida ao vivo pela internet.

 

PRESTAÇÃO DE CONTAS

O empresário do ramo jornalístico, Edirson Paiva, a líder do Grupo de Mulher Brasileira e o funcionário público de Boston, Álvaro Lima, estiveram representando a comunidade brasileira neste encontro. Todos levaram suas pautas reivindicatória, depois de terem mantido contato com lideanças, autoridades e demais brasileiros deste estado.

A comitiva já esta retornando à Boston e no dia 1º de agosto, às 10h30m, estará acontecendo na sede do Grupo de Mulher Brasileira (569 da Cambridge Street, Allston) uma reunião para que o grupo possa apresentar um relatório sobre o que foi debatido e os caminhos tomados nesta conferência.

De antemão, por telefone, eles afirmaram que "a Conferência foi um sucesso, além de ter sido um marco histórico no processo de imigração brasileira e que cabe ao trio, partilhar com a comunidade o que aconteceu". 

Fonte: (Brazilian Times)