Publicado em 29/07/2008 as 12:00am

Jantar beneficente em Watertown ajuda crianças no Brasil

A leitura pode modificar completamente o futuro das crianças, "Os livros contribuem no desenvolvimento infantil"

A organização sem fins lucrativos, “Books for Brazil”, realizará um jantar beneficente no sábado (23), em Watertown-Massachusetts. O evento está sendo organizado com o ideal de arrecadar fundos para a compra de livros infantis.

Conforme o presidente da organização, o paulista Leonardo Chen, mais de dois mil livros já foram distribuídos em diferentes estados brasileiros. “Temos três diferentes programas, o primeiro é a entrega dos títulos em escolas e videotecas; a segunda remessa é destinada para centros de saúde e outros lugares públicos e comunitários; a terceira; ainda em fase de implantação, pela fundadora Joelma Nascimento, será a disponibilização deles através de voluntários encarregados de receber a encomenda e distribuir nos bairros carentes. Atualmente Joelma está no Brasil, empenhada no cadastramento dessas pessoas.”, disse Leonardo.

 

“Ler exercita a mente”

 “Books for Brazil” tem a missão de melhorar o desenvolvimento das crianças de baixa renda, através do estimulo à leitura. “É fundamental incentivar a leitura, antes mesmo dos pequenos serem matriculados na escola. Essa atitude quebra o paradigma de que os livros significam dever de casa e obrigação. Quando a criança estabelece desde cedo uma relação de prazer e interesse pelos livros, ela aumenta a sua capacidade intelectual e amplia a sua maneira de conceber e interpretar o mundo a sua volta”, disse Leonardo.

Júlio Braga, Family and Chield Support, pertencente ao programa de saúde familiar, Wealthy Family, recomenda, “A leitura irá causar um grande impacto em todos os aspectos da vida adulta. Ler exercita a mente, através dos livros as crianças são capazes de criar novas conexões das histórias e imaginar muitas outras novas, essa dinâmica é responsável diretamente pela criatividade e senso de oportunidade do indivíduo.  

Essas crianças serão mais reflexivas, irão se expressar e comunicar com mais facilidade, e principalmente, saberão lidar melhor com os problemas. Até os três anos de idade, as crianças devem ser incentivadas ao máximo possível, pois essa é uma fase crucial no seu desenvolvimento”, disse Júlio.

 

“O problema de nossa era é ter muita informação, mas não ter aprendido como usá-la”

A visualização de imagens e gravuras ajudam os bebês, mesmo antes deles aprenderem a falar, “Mostrar desenhos e cores, ou mesmo ler contos, são iniciativas positivas que evitam o atraso mental. Fazer isso desde o berço ajuda o processso de associações neurais que são indispensáveis para tornar essa criança um futuro bem sucedido adulto (racionalmente e emocionalmente), explicou Júlio. 

Ainda explicando os efeitos da leitura já nos primeiros anos de vida, o voluntário da Books for Brazil, Eduardo Melo, cita o exemplo da educação norte-americana como bom modelo desse método precoce e comenta, “O problema de nossa era é ter muita informação ao longo da vida adulta, mas jamais ter aprendido a filtrar e selecionar aquilo que realmente é benéfico. Entender a mensagem pode ser a diferença entre reproduzir comportamentos que são ditados pela mídia ou usar o senso crítico para separar o que é realmente útil para se viver bem. Para isso, a ong Books for Brazil está empenhada nessa concepção, aumentando o potencial de interpretação das crianças” disse Eduardo.   

 

2º Jantar Anual, em prol da leitura

São esperados 120 participantes no jantar beneficente, que iniciará às 18:30, no salão da St. James Armenian Apostolic Church, localizada no 465 Mount Auburn St. O ingresso custa $25 adulto e $12 para as crianças, menores de 5 anos de idade não pagam entrada.

O evento também irá celebrar as entregas de livros que foram feitas nos dois últimos semestres. “Vamos mostrar o resultado das nossas contribuições. Investir no lazer e na educação desses brasileiros tem trazido esperanças para diminuirmos as desigualdades do país.”, disse Leonardo.

Para mais informações acesse booksforbrazil.org ou ligue para (781) 396-1348.  

Fonte: (Brazilian Times)