Publicado em 26/08/2008 as 12:00am

Brasileiro é condenado a 29 anos nos EUA por pedofilia

T.F. confessou haver molestado quatro menores. Ele trabalhava em uma igreja no estado da Flórida

 

O brasileiro T.F., 25 anos, foi condenado pela justiça do estado da Flórida, nos EUA, a 29 anos de prisão por abuso sexual de menores.

T.F., natual de Belo Horizonte, havia sido preso em 3 de julho de 2007, a partir das acusações de um menino de 11 anos.

O mineiro, que trabalhava como professor de música na igreja First Christian Church, em Pamplona Beach, teria agarrado o menino no banheiro da igreja e ameaçado estuprá-lo. A criança saiu correndo e avisou os pais.

Depois de preso, ele teria confessado o abuso sexual de outros três menores, de nove, sete e dez anos, segundo o boletim policial.

A Corte do Condado de Broward informou ao G1 por telefone que Fernandes enfrentará 29 anos de prisão em uma cadeia estadual da Flórida e "condicional pelo resto de sua vida".

Segundo o portal UAI informou em 2007, ele pertencia à igreja evangélica da Lagoinha nos Estados Unidos. Seu pastor, Paulo César Ferreira, disse na época que T.F. estava ilegalmente nos EUA com sua família e que era “um rapaz novo, que, além de prejudicar a vida das crianças, prejudicou a sua própria. Um músico competente, apesar dessa falha terrível”. 

Fonte: (G1)