Publicado em 12/09/2008 as 12:00am

Crianças sequestradas por pai são resgatadas pela mãe no Brasil

Domminique e Pietra Depianti estavam com o pai desde o dia 25 de Agosto. Polícia brasileira invadiu casa onde elas estavam, no Brasil, e as entregou para a mãe

Por Marcelo Zicker


Na sexta, dia 7, a polícia brasileira invadiu a casa onde se encontravam Clóvis Depianti e suas duas filhas, Domminique e Pietra, para resgatá-las do sequestro que o próprio pai realizou no dia 25 de Agosto desse ano. Na ocasião, as meninas foram passar um fim de semana na casa de Clóvis, que resolveu partir para o Brasil, sem noticiar a ninguém. As recorrentes brigas e  desacordos relacionados à guarda e custódia das meninas são apontadas como o estopim para a atitude desesperada do pai.

O fato deflagrou o começo de uma tragédia na vida da mãe, a cearense Roberta Lima, que iniciou as buscas por pistas e indícios de onde as filhas poderiam estar. Na sexta- feira de manhã, acompanhada de policiais, ela pode, enfim , ter as filhas novamente em seus braços. Segundo a amiga Laura Pantelakos, que é State Representative em New Hampshire,  Roberta estava no Brasil desde terça- feira, dia 4, onde contou com a ajuda de investigador particular para achar o paradeiro de Domminique e Pietra. Além disso, seu tio, que é advogado,  atuou na comprovação da nacionalidade americana das meninas e na custódia total de Roberta.   Mãe e filhas se encontram no Rio de Janeiro, onde esperam a liberação dos documentos consulares para retornar aos EUA. Clóvis está agora sujeito à ordens de prisão em delitos relativos a interferência de custódia e sequestro.

O governador de New Hampshire, John Lynch, revelou ao site ‘Fosters.com’ que está feliz em saber que as crianças foram encontradas em segurança e agora estão de volta aos cuidados da mãe. " Estou tão contente que Domminique e Pietra foram trazidas aos cuidados  da mãe. Após ter falado com Roberta Lima uma série de vezes, estou muito consciente da angústia que ela passou durante o tempo separada de suas filhas, e gostaria de agradecer ao Departamento de Polícia de Dover e os escritórios do FBI em Bedford, por sua cooperação e trabalho para achar as crianças " declarou.

Jennifer Govoni, uma amiga da família que ajudou a criar o site www.bringthegirlshome.com , de apoio ao retorno das crianças , ficou sabendo da notícia na própria manhã de sexta. " Estamos muito gratos por todo o apoio que a causa tem recebido e Roberta e as meninas estão muito emocionadas de voltar para a casa a qual elas pertecem. Este foi um verdadeiro esforço da comunidade que teve o mais feliz final para esse caso” afirmou no site.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)