Publicado em 23/09/2008 as 12:00am

Brasileiros assaltam posto de gasolina

No início desta semana foi divulgada, na Flórida, a prisão de uma quadrilha formada por quatro brasieiros. A prisão aconteceu momentos depois que eles assaltaram um posto de gasolina localizado na Yamato Road, em Palm B

No início desta semana, os principais jornais de língua inglesa na Flórida divulgaram a prisão de uma quadrilha formada por quatro brasieiros. A prisão aconteceu momentos depois que eles assaltaram um posto de gasolina localizado na Yamato Road, em Palm Beach. Os paulistas e irmãos Thiago e Roberto de Sá, unidos à Allan Chagas e Filipe Purguer, são acusados de integrar um grupo que assaltou o local.

Segundo os registros policiais, os quatro invadiram, na madrugada de domingo (14), o estabelecimento usando máscaras de gás para esconder a identidade e, armados com arma de fogo, anunciaram o assalto. Após pegarem o dinheiro que estava no caixa, eles tentaram fugir um veículo, mas foram capturados pela polícia.

Mas antes de serem presos, eles atravessaram algumas das principais ruas e rodovias de Palm Beach e Broward.

Devido ao fato de estarem vivendo de forma ilegal nos Estados Unidos, os quatro irão aguardar o julgamento na cadeia. Após todos os trâmites e o cumprimento da pena, o grupo será deportado ao Brasil. Estima-se que a condenação possa chegar até 20 anos de cadeia.

 

REGISTRO

Consta nas anotações dos policiais que atenderam a ocorrência que os dois irmãos entraram na loja do posto e renderam o atendente apontando-lhe armas de fogo. Depois pediram que lhes entregasse todo o dinheiro que estava no caixa. Os outros dois aguardavam do lado de fora, em uma camionete, que estava registrada em nome de Roberto de Sá.

Após serem notificados do assalto, feita por um cliente que estavam no local, as viaturas policiais chegaram em questão de minutos e inicou a perseguição. Quando não havia mais para onde fugir, dois se entregaram e os outros dois ainda tentaram fugir a pé, mas logo em seguida foram capturados. “Uma cena digna dos melhores filmes de Hollywood”, conta uma testemunha que viu boa parte da perseguição.

Os brasileiros estão preso na cadeia de Broward mas estão com a transferência marcada para Palm Beach, onde aconteceu o crime.

Os funcionários do posto e alguns clientes que estavam no local na hora do assalto ainda estão temerosos, “pois os brasileiros apresentavam serem bastante perigosos”.

Fonte: (Da redação)